INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sábado, 24 de setembro de 2016

O equilíbrio atua com o necessário, não com o querer.

Postagem original, em 28.05.2012


O equilíbrio atua com o necessário, não com o querer.

Na Criação, revelado e exposto pela natureza,
o equilíbrio atua com a necessidade.
A beleza (cores, desenhos, formas...)
aos nossos olhos,
tem e segue ao propósito da procriação,
alimentação e defesa;
tudo se desenvolve em prol
da continuidade/sobrevivência da espécie.


Ex: estas cores e desenho, embora nos tragam a
“beleza visual”, para Ela, borboleta, possui o
sentido da preservação e sobrevivência,
iludindo e afastando alguns predadores.
E assim é, com "as garras de um tigre ou
de uma formiga cortadeira";
com a “cauda de um pavão”;
com as “formas das flores”, 
que “forçam” aos que buscam o seu néctar 
a espalharem o seu pólen 
desta feita, realizarem a sua fertilização...


É, na natureza não há o
“querer ter isto, aquilo ou mais alguma coisa”.
Se têm ou possui somente
o que é necessário e útil, gerando o equilíbrio.
O que é “belo” ou as “ferramentas”,
estão dentro de um sentido e aplicação,
que é orientado e guiado pelo TODO.
Não pelo capricho, desejo 
ou porque “se quer ter”.

Desta forma o nosso equilíbrio, enquanto humanos,
está e é comprometido, 
pelos princípios e padrões com os quais estamos lidando.

Se buscamos VIVER este momento único e trilharmos o caminho do SER, da Unificação,
temos de estar atentos aos “excessos de objetos e bens que possuímos ou cobiçamos ” 
e nos servem apenas de decoração (aparência),
sem a menor utilidade prática.

Sim! Pois como posso dizer que 
“estou buscando o caminho” e o equilíbrio,
quando nas minhas atitudes e padrões,
sigo e me mantenho “de costas” 
para os princípios e Leis da Criação.

O “ter e possuir” deve estar vinculado 
e respeitar “ao necessário” 
e apontado pelo Universo,
que irá gerar e proporcionar a harmonia
e o equilíbrio energético para a LUZ fluir.
ArqueiroHur