INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

As consequências do não se assumir a consciência.

Postagem original, em 21.05.2012


As consequências do não se assumir a consciência.

Embora tenhamos sido acostumados a não dar importância 
às conseqüências dos nossos atos e pensamentos,
as Leis da Criação: Causa e Efeito e Ação e Reação,
que mantêm o equilíbrio no Universo e seu movimento em expansão,
nos remetem sempre à elas.
Não há quem mude isto!...

Sim!... Embora este seja mais um assunto sonegado
(esquecido propositalmente),
a Lei do Carma,
que funciona como um agente regulador
das injustiças, falhas e incorreções,
não deixou nem deixará de existir.
Mesmo sendo este o desejo e “esperança” de muitos,
engajados e subvertidos pela propaganda da sombra...
A única coisa que a estanca,
é a consciência de nos mantermos dentro das Leis da Criação,
atraindo a LUZ
e buscando trabalhar com o “perdão verdadeiro”
para transmutar as atitudes efetuadas na inconsciência.

“... MUITOS PREGAM O USO "INDEVIDO"
DA SAGRADA CHAMA VIOLETA
(QUE É LUZ E PODER! 
CRIADA PELA DIVINDADE),
PARA QUE SE INICIE UMA "NOVA ERA"
SEM QUE OS FARDOS
E CARMAS SEJAM NECESSÁRIOS.
PORÉM,
QUANDO USADA COM CONSCIÊNCIA
E RESPEITO,
A REALIZAÇÃO SE FAZ.

É O AMOR DA CRIAÇÃO POR SEUS FILHOS...”

- Oromasis, em: A LUZ DO "SER" É PURA ESSÊNCIA DIVINA.-



Assim, o não assumir a consciência e confiar na LUZ
em cada momento/situação da nossa vida,
nos geram "questões" tanto individuais,  como coletivas;
e embora a ascensão planetária vá modificar
o sistema reencarnatório aqui na Mãe Terra,
tais questões “não sanadas” e ou geradas neste agora,
determinam em termos pessoais,
o nosso destino e “companhias”...


Há todo um empenho do Universo para que saiamos da ilusão, da fantasia!
Tanto apoio nos é ofertado,
mas nos é solicitado que atuemos com consciência.
Que sejamos um propagador da Verdade, da Responsabilidade,
do Respeito, do AMOR.

E o que fazemos nas “pequenas coisas” da nossa rotina?

Como “reagimos” a cada situação “nova” que nos fuja ao controle:
nos entregamos à LUZ
ou tendemos a ficar “contrariados”?
  
Passamos a consciência da disciplina,
da necessidade da mudança dos hábitos e padrões
ou nos “resguardamos” (esquivamos),
evitando assim algum desconforto
com “nossos próximos”?

Como bem disse Micah, o Anjo Cósmico da Unidade,

em "A PRETENSÃO DO SER HUMANO..."

e "NA AUTOVIGILÂNCIA -"VIGIAI E ORAI".":


“... CONSEQUÊNCIA
OUTRA ESTADIA "NULA",
FÚTIL E SEM UTILIDADE,
SEM EVOLUÇÃO ESPIRITUAL.
REPETIR, REPETIR E ATÉ DESCER DE NÍVEL!...”

“... MAS SOMENTE VÓS TENS O PODER
DO "DESPERTAR".
E SE MANTER DENTRO
DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA UNIVERSAL...”

 

E até quando o Universo ficará “aguardando”
a nossa decisão, escolha?

As cartas estão na mesa
e a roleta girando.
   
ArqueiroHur