INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O pensamento não leva ao amor


Postagem original, em 25.10.2014


O pensamento não leva ao amor

O processo de pensamento sempre nega o amor.
É o pensamento que tem complicações emocionais, não o amor.

O pensamento é o grande obstáculo do amor.
O pensamento cria uma divisão entre o que é e “o que deveria ser”, 
e a moralidade se baseia nesta divisão;
mas nem o moral nem o imoral conhecem o amor.
Esta estrutura moral, criada pela mente para manter as relações sociais unidas, não é amor, mas um processo endurecido como cimento.

O pensamento não leva ao amor, o pensamento não cultiva o amor,
pois o amor não pode ser cultivado como uma planta no jardim.
O próprio desejo de cultivar amor é a ação do pensamento.

Se você estiver, de fato, consciente, verá que papel importante tem o pensamento em sua vida.
O pensamento, obviamente, tem seu espaço, mas ele não está relacionado ao amor de modo algum.
O que está relacionado com o pensamento pode ser compreendido pelo pensamento,
mas aquilo que não está relacionado com o pensamento não pode ser apreendido pela mente.

Você perguntará: então o que é amor?
O amor é um estado de ser onde o pensamento não está;
mas a própria definição de amor é um processo do pensamento, e, por isso, não é amor.

Nós temos que compreender o pensamento em si, e não tentar capturar o amor com o pensamento.
A negação do pensamento não gera amor.
Há liberdade do pensamento só quando seu significado profundo é totalmente compreendido; e, para isto, o autoconhecimento profundo é essencial, não afirmações vãs e superficiais.

A meditação e não a repetição,
conscientização e não definição,
revelam os caminhos do pensamento.
Sem estar consciente e experimentar os caminhos do pensamento, não pode haver amor.

- J.Krishnamurti, Commentaries on Living, Series 1,16,Choiceless Awareness-


http://www.jkrishnamurti.org/pt/krishnamurti-teachings/view-daily-quote/20141023.php?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JKOnline_DailyQuotes_PT+%28JKOnline+RSS+PT%29