INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

domingo, 9 de outubro de 2016

Para onde Vamos, ou o que nos aguarda - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Postagem original em 08.06.2011





Para onde Vamos, ou o que nos aguarda - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Não são poucos os que pensam sobre este assunto: 
O “amanhã”, depois da transição.

Nesta ânsia, esquecemos de alguns “recados” que nos foram deixados há mais de 2 mil anos:

A casa do meu Pai, tem muitas moradas.”
“Muitos serão chamados e poucos, os escolhidos.”

Por estes “recados”, entendo que não adianta se ter a “pretensão”, o “desejo”, o “querer”, muito menos “se achar”...

A “escolha”, para quem vai habitar a Terra em sua nova etapa, será do Universo e da própria Mãe Terra. Que se dará dentro da nossa postura e trabalho para estarmos no patamar para tal (estado de consciência compatível com a vibração em que a Mãe Terra estará) 

É certo, que a maioria de nós humanos irá para uma “nova morada” do Pai. Ele não irá e nem desampara ninguém! 
E isto, não tem nada com o “velho céu e inferno.”
Isto está estritamente vinculado à prática da consciência que adquirimos e ou readquirimos
Não esqueçam que nenhum ato ou pensamento nosso, 
é desconhecido do TODO.

E todo “achismo” ou “pretensão”, não será levada em conta 
(aliás, será! Mas não pelo nosso querer). 
Estas “novas moradas” são ordenadas pela consciência e práticas que adquirimos e efetuamos.  
Serão de iguais!

É preciso que se entenda e incorpore: 
O aprendizado continua! 
E em NOSSO SER/ESSÊNCIA, não habita traumas, mágoas ou as conseqüências advindas dos nossos comportamentos e pensamentos.

É aqui, com esta compreensão, que estamos determinando a nossa  “próxima morada”! 
Iremos para um lugar onde teremos mais uma chance de “limparmos” e praticarmos a VERDADE do SER.
ArqueiroHur

Obs: Eu, particularmente, não me importo muito em saber para onde vou: Se para “casa”, ficar aqui, ou para uma outra “morada”... Mas faço o possível, para não ser direcionado  para um lugar onde impere o "jogo do faz de conta", como aqui, neste agora esta dimensão.
Tenho e terei que me lapidar e muito, como todo mundo. Somente sei, para onde não quero ir.


Nenhum comentário: