INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sábado, 10 de dezembro de 2016

Diferenças pequenas, sutis, mas diferenças

Postagem original, em 02.06.2012


Diferenças pequenas, sutis, mas diferenças - Revisto

Vamos tentar “ver”/entender algumas diferenças, 
quanto ao que envolve a “consciência” 
e seus níveis ou estados.

- inconsciência (ou ignorância), neste estado, ainda não fomos diretamente  “apresentados” ao caminho do SER
somos conduzidos pelos conceitos  e crias do meio e suas crenças; 
e assim, ele nos passa desapercebido. 
Totalmente “vendados”, não “sentimos” ou percebemos a energia e as conseqüências dos nossos atos, pensamentos, conduta, enfim... Somos quase que “sem responsabilidades”.

- o estado de “conhecimento”, aqui já tivemos a presença do Universo nos orientando e mostrando “ a energia” 
e os “rumos dos caminhos”, 
mas, entretanto, ainda não nos decidimos ou nos entregamos a ele. 
Não efetuamos, ainda, “a nossa escolha” pelos mais variados motivos: 
medo, conceitos, preguiça, não querer a responsabilidade.... 
Ou seja, impera a resistência em “mudanças” e em romper com os hábitos e padrões e ou simplesmente, por “não aceitá-lo”...,
em perder o controle. 
Por outro lado, obtivemos, por  este “conhecimento”, 
a noção da responsabilidade e da “escolha” 
e não podemos mais dizer:
“eu não sabia!” 
Já possuímos um grau de"ciência" sobre “os efeitos”.

Nota: nestes dois estados, somos ou tendemos a ser manipulados e conduzidos pela “sombra” e suas facilidades, “ameaçados” emocionalmente e ou cooptados pelos “interesses”.

- estado de consciência começa a se dar quando efetivamente “aceitamos” e nos determinamos a seguir o caminho do SER, revendo-nos, responsabilizando-nos pela energia e sintonia 
do nosso Templo (corpo) e santuário (ambiente/casa), 
trabalhando-nos e buscando a LUZ com a sua sabedoria e AMOR. 
Através da humildade, da determinação, do Trabalho 
e da atuação com a VERDADE, 
este estado de consciência vai se expandindo e concomitantemente vai permitindo a aproximação do nosso Eu Superior. 
Onde passamos a atuar com Ele pelo TODO
Sendo então, totalmente responsáveis por cada ato efetuado.


- o nível de consciência do SER, representa o ESTADO que Ele possui dentro do Universo, na sua eternidade 
(é calcado em tudo aquilo que Ele viveu, 
em qualquer das passagens aqui ou em outros planetas,
e aplicou com sabedoria pela Criação, 
ou seja, com AMOR e pelo TODO). 
É o seu Estado Evolutivo que designa as suas tarefas e atribuições dentro deste processo de Evolução Universal
(como neste da Mãe Terra em que estamos), 
que permanece em contínua expansão, 
havendo diversos graus/níveis, nesta escala Evolutiva Universal.

E cada passagem nossa aqui encarnados, como nesta atual, 
faz parte e fornece a Ele, SER, esta expansão, 
desde que por e com Ele e o TODO estejamos em atitudes
e consciência.

- estado de “sombra”, enquanto que no estado de consciência aceitamos e atuamos pelo TODO 
e isto independente do nível de consciência do SER; 
neste aqui “se escolheu” (conscientemente) o caminho do individualismo, do interesse pessoal ou da sua espécie/categoria;
sabe-se muito bem o que fazer e se segue fielmente ao seu propósito. 
Usando dos mais variados recursos 
(conhecimento,energia, chantagem, coação, da ignorância...) 
para manipular e induzir, 
não respeitando a nada que se coloque na frente 
ou atrapalhe ao seu intento. 
Neste estado também se é totalmente responsável pelos seus atos, pois se conhece o processo Evolutivo, do TODO 
e simplesmente, pela escolha se nega-lo.


Dentro deste quadro, exposto acima, 
só achamos “inocentes” no estado de inconsciência 
ou no nível de consciência do SER (estado Evolutivo) 
e mesmo assim, até certo ponto, 
pois quem poderá aqui, neste plano e momento atual, 
dizer que não houve “um exemplo diferente” para seguir, 
que desconhecia a VERDADE, a SOLIDARIEDADE, o AMOR; 
já que tudo isto não nos foi mostrado pelos mais diversos meios, 
formas e pessoas, 
desde a mais de 2000 mil anos?
ArqueiroHur