INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Pequenos Pensamentos - XXI



Postagem original, em 10.08.2011
                     


               Não espere 
               que o Universo determine seus passos.

               Ele aponta caminhos... dá orientações,
               para que tenhamos a responsabilidade 
               e oportunidade da escolha.

               A posição que tomarmos, 
               será aceita e acolhida
               pelo Amor da LUZ. 
                                                                   ArqueiroHur





A maioria de nós não quer estar intensamente consciente, isto é muito perturbador

Postagem original, em 09.12.2014



A maioria de nós não quer estar intensamente consciente, isto é muito perturbador

Interrogante:
Como é possível estar intensamente consciente enquanto se está ocupado com um trabalho particular?

Krishnamurti:
Eu não vejo a dificuldade.
Por que não se pode estar intensamente consciente enquanto se trabalha?
Seja o trabalho mecânico, científico ou burocrático,
estando intensamente consciente enquanto faz esse trabalho, você não apenas o fará mais eficientemente como também ficará consciente de por que está fazendo, quais são os motivos por trás de seu trabalho.
Você descobrirá se tem medo de seu chefe;
observará como você fala com seus subordinados e com aqueles acima de você.
Estando intensamente consciente em sua relação com os outros,
saberá se está criando inimigos, ciúme, ódio;
você verá todas as suas próprias reações na relação, esteja você aqui, num ônibus, em seu escritório ou na fábrica.
Tudo isto está implicado na consciência intensa.

Também, se você está intensamente consciente, 
pode desistir de seu trabalho.

Por isso, a maioria de nós não quer estar intensamente consciente;
é muito perturbador;
nós preferimos continuar com o que fazemos, mesmo que seja muito aborrecido.
Na melhor das hipóteses, saímos daquilo que nos aborrece e encontramos um trabalho menos aborrecido, mas este também logo se torna rotina.

Assim, ficamos presos no hábito:
no hábito de ir ao escritório toda manhã,
no hábito de fumar, no hábito sexual, no hábito de ideias, conceitos,
no hábito de ser inglês e assim por diante.
Nós funcionamos no hábito.

Estar intensamente consciente do hábito tem seu próprio perigo,
e temos medo do perigo.
Temos medo de não saber, de não estar certo.

Há grande beleza, há grande vitalidade, em não estar certo.
Não é insanidade estar completamente inseguro;
isto não significa que a pessoa se tornou psicótica.
Mas nenhum de nós quer isso.

Nós preferimos romper um hábito e criar um hábito mais agradável.

- Krishnamurti, Collected Works, Vol. XIII,212,Choiceless Awareness

http://www.jkrishnamurti.org/pt/krishnamurti-teachings/view-daily-quote/20141123.php?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JKOnline_DailyQuotes_PT+%28JKOnline+RSS+PT%29


Nota do arqueiro: A consciência se revela sobre e sob cada situação e momento, em cada tarefa e ou atitude. Sem escolher dia, hora, local para se pronunciar ou estar, sem determinar ser diante "deste ou daquele" que se apresentará.



O Impasse da Escolha - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

                                                             Postagem original, em 11.09.2011


O Impasse da Escolha - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Há um ponto crucial na jornada Evolutiva, o ponto em que ficamos no impasse entre: 
Todos os nossos “conceitos” e querer; 
e o caminhar e se entregar à LUZ.


O “queimor interno” nos levou a uma busca com muito entusiasmo e interesse pelo “novo”... 
Ficamos “deslumbrados” com tudo! 
Percebemos que a energia é nossa, que podemos “lidar” com ela e que os “velhos chavões”, eram indevidos...

Confrontar este “externo” foi fácil e até prazeroso. 
Sim!... Nas vitórias que galgamos, nos “reconhecendo” como energia, veio o “prazer” de se “sentir diferente”, acima do restante do mundo.  
E chegamos a pensar que “nos bastamos”, pois, alcançamos algo que os “outros” não “lograram”...

Só que:
A LUZ requer responsabilidade! 
Ela nos pede que sejamos a Verdade, que tenhamos a consciência plena em cada ato, o trabalho interno... 
Tudo, para que possamos nos “sentir” no TODO e representá-lo, cumprindo as tarefas que nos forem apresentadas. 
Em outras palavras: 
ações e conduta pertinentes a ela.


E agora, o que fazer?... 

O “confronto” deixou de ser “saboroso”... 

Tenho o “meu orgulho”, “meus planos”... 

Como abrir mão do que desejo e quero?... 

A LUZ tem de me “aceitar” do jeito que sou!... 

E eu, não cometo nenhuma “falha”!... 

Sou “eu”, quem está aqui “sofrendo”, lidando com todas as injustiças... 

Então, a LUZ vai ter que fazer algo por mim!... 

“Trabalhar de graça”?  – Não! Preciso de alguma “compensação”. Eu tenho meus direitos!...




Bom!... Enquanto algumas destas perguntas/afirmações e ou outras mais criam este “dilema”, a LUZ continua dando “recados” e se mostrando. 
Mas sem poder interferir! 
Deixando-nos “livres”, na escolha. 
Somente observando e “atenta” a tudo.

E é aqui que aqueles, que se mantêm na crença da “liberdade” do ego: 
ou o abandonam de vez e se tornam LIVRES na LUZ, 
ou ficam “presos” nas suas cirandas e nos “seus achados”; amparado e escorado pelas “ofertas” do mundo. 
A cisão se dará!

É!... O impasse da escolha é de cada um. 
E creiam, nem sempre o AMOR da LUZ prevalece.
ArqueiroHur



Você pode TUDO!

Postagem original, em 01.06.2012


Você pode TUDO!

O direito sagrado que a Criação oferta,
da Liberdade e escolha do caminho
(livre-arbítrio/consciência)
não é nem será, em tempo algum,
quebrado ou desrespeitado
pela LUZ.

O Universo Evolutivo procura e visa sempre
que você obtenha, pelo entendimento, 
a clareza de onde tudo irá culminar 
(as conseqüências); 
seja do caminho que for tomado: 
do crescimento/expansão ou
não.
Por Ser o AMOR infindo da Criação,
mantêm suas mãos estendidas, aguardando,
acatando e acolhendo a nossa escolha,
sem que isto signifique a quebra ou
desrespeito as Leis da Criação. Pois, tendo feito
a sua parte, de mostrar a VERDADE, de apontar
os caminhos e seus rumos e destinos;
fez com que assumíssemos a responsabilidade
sobre nossos passos e destinação, 
com consciência ou ciência (conhecimento) 
sobre eles.

É por esta razão que você pode tudo!
Porque você teve escolha! Foi-lhe dado este direito.

Quem poderá negar ou dizer que não a teve,
já que por uma infinidade de meios: 
técnicas, afirmações, exemplos, apontamentos, 
“canalizações”, situações, avisos, acolhimentos... 
a LUZ esteve ali, junto a você, 
informando, alertando;
amparando, orientando, protegendo...

Quem poderá falar que não teve uma VOZ INTERIOR?...
Que o Universo não lhe mostrou a VERDADE,
que nada foi anunciado, nenhum caminho 
mostrado ?...

Assim:
Você pode tudo:
- pode se lamentar ou se responsabilizar;
- pode voltar para si (Seu SER) ou 
se manter como está;
- pode se trabalhar ou ficar sonhando;
- pode desejar ou atuar...

Você pode!
Podendo até mesmo caminhar com e pelo TODO,
revelando a VERDADE,
e “sendo” o AMOR;
como também, simplesmente,
ser um instrumento manipulável e compactuante
com a ilusão/sombra, propagando-a.    
Somente você pode! 

ArqueiroHur