INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Pequenos Pensamentos - CXCIII


postagem original, em 19.11.2012


           Como observar e compreender
           qualquer coisa/situação além da matéria, 
           do corpo físico,
           sem observar e compreender a energia, 
           a sua origem?

           O descaminho da humanidade se dá (começa)
           quando em qualquer consideração, concepção
           ou conceito,
           se ignora e ou desconsidera 
           as Leis da Criação e a VONTADE Divina.
                                                                                   ArqueiroHur


A VERDADE HUMANA


Postagem original, em 19.08.2013


A VERDADE HUMANA

Em que se baseia a ‘verdade humana’,
o que lhe dá sustentação?...

A ‘verdade humana’ se baseia em preceitos,
que buscam, tem por objetivo “substituir”, 
esconder/camuflar
as Leis da Criação e das coisas/natureza.


Se sustenta da ilusão do olhar, do toque,
do paladar, do ‘tempo’;
da matéria perecível, do medo/“segurança”
e dos seus interesses...

Assim se criou e se segue ao:
“o que os olhos não veem,
o coração não sente.”
Onde se desconsidera a energia,
se desrespeita  à Criação, ao TODO,
e à si mesmo (seu SER/Essência).
Promovendo-se os mais escabrosos e descabidos atos
em acordo e por este preceito/princípio.

Por estes preceitos,
muitos justificam seus atos, quando descobertos
e ou desmascarados, afirmando:
“não disse a verdade, para lhe poupar,
para não lhe magoar.”

Por estas “verdades humanas”,
podemos observar a ganância, violência,
a malícia, cobiça e etc.,
sendo princípios normais e salutares,
vigentes e propagados em toda sociedade
(afinal, sem ambição não se chega a
lugar algum, não é?!...),
além de uma “ciência e tecnologia”
que ignora ao TODO,
julgando-se acima da própria Criação
(ex: genética com seus clones e transgênicos,
equipamentos e maquinários
que usam de materiais e propulsão
que não se renovam ou reciclam...)


Mas e você, consegue perceber qual a verdade
você aplica no seu dia a dia?...
Olha que sem esta percepção não há o rever.

Porém é necessário para que se responda,
que se tenha o entendimento de que
‘ser verdadeiro diante do TODO’,
não é levantar uma espada e sair bradando,
enfrentando ou expondo que
“um outro não é verdadeiro”.

Não!
Ser verdadeiro, antes de mais nada,
É RESPEITAR O OUTRO,
se respeitando.

É não manipular,
sem se deixar sê-lo.

É reconhecer a responsabilidade de cada um,
individualmente,
diante de cada passo dado
e ou situação.

É não se esquecer, para respeitar:
- os princípios e Leis da Criação
- de que se é energia
- de que não se está ou se é “em separado”, sozinho
e de que assim,
cada ato/movimento/ação/pensamento
repercute no TODO.
    
Ser VERDADEIRO é reconhecer-se
sob os efeitos da “verdade humana”, tendo-a.
Pois não há um só encarnado,
que por ela não tenha sido criado/educado.

ArqueiroHur