INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Pequenos Pensamentos - CXCVII


Postagem original, em 05.12.2012


           Não devo procurar 'ser ou fazer' 
           o que vi em alguém
           ou o que 'um outro' falou.





           Devo me esforçar e me entregar
           à me RECONHECER
           e a perceber a valia das informações 
           para mim, no meu caminhar.
           Devo combater as influências externas
           e deixar assim,
           o meu SER ser, se pronunciar,
           ocupar o seu espaço, me dar vida
           e comandar os meus passos.
                                                 ArqueiroHur



INFORMAÇÃO ou ORIENTAÇÃO?

Postagem original, em 31.07.2013



INFORMAÇÃO ou ORIENTAÇÃO?

- informação, comumente,
é o ato de dar ou receber conhecimento sobre algo,
que já tenha ocorrido ou que venha a se dar
(um jornal, um livro de história, um mapa...).

- A orientação, tem por princípio,
ser um guia, a bússola que revela o ponto cardeal
indicador do caminho no mapa.

Ex:
1-   Fomos informados de que:
há os mais variados níveis de consciência
habitando aqui, neste planeta.

2-   Recebemos a orientação de que para
mantermos o equilíbrio neste plano onde
os mais diversos níveis de consciência coexistem e atuam,
devemos usar de técnicas para promover
as limpezas dos nossos corpos,
entre outras coisas.



Conseguiram perceber a diferença entre
a informação e a orientação?

Uma nos diz o que houve, há ou irá haver,
enquanto que o outro nos dá a condição de escolha,
de agirmos de acordo com a situação.
 
Porém:
O que transforma
(ou da forma, da cor, intensidade, valia...)
a informação em orientação ou vice e versa,
é você.

Como você recebe, percebe
e se posta diante de cada acontecimento
e situação na sua vida
é o que determina o que  o “fato” se torna...
Uma vez que no caminho Evolutivo,
tudo tem valia para o crescimento.
Não havendo assim, uma mera informação,
pois mesmo esta, revela o nível vibratório
de quem a propaga e ou “compra”...

O Universo Evolutivo
(pelos mestres, seres de LUZ, mentores,
elementais da natureza...),
de acordo com a Vontade Divina,
promove e visa sempre que cada ato, momento e situação
sejam e sirvam de orientação para o caminho
do crescimento, de comunhão com o TODO.

O que chega até você, tanto pode ter o sentido/objetivo
de informação como de orientação.
E isto em sua origem/fonte, como também,
de que maneira é recebido por você.

Sim, é você quem faz/transforma
uma orientação numa mera informação,
ou uma informação numa oportuna e valiosa orientação.

Somente você pode dar e dá a valia
aos acontecimentos na sua vida...

Vejamos:
Quando se está entregue ao caminho Evolutivo
e se recebe qualquer informação,
dela se faz “uma lição”, uma orientação;
e pelo exemplo “1”, iria se procurar entender o processo
e suas nuances.
Sem se deixar ‘penetrar’ pela vibração da informação.
Assim, num noticiário, por exemplo,
não se ficaria aterrorizado ou penalizado pela informação,
mas por ela, poderia se precaver quanto a locais,
eventos e condutas.
                                                                     
De forma contrária,
posso obter a orientação, como no exemplo “2”
e ignora-lo, simplesmente por não acreditar
ou me achar imune...

Evidente que também se pode “entrar” na vibração da informação
e nela manter-se entregue,
considerando-a como uma “grande orientação”.

Por onde fica salientado:
que tudo depende única e exclusivamente de você.
Você é quem define o seu caminhar e rumo,
ao que se entrega, ao que segue.


ArqueiroHur



Sobre a informação

Postagem original, em 30.10.2014


Sobre a informação

É muito difundido, estando enraizado no “nosso entender”,
que: a informação se traduz em poder.

“Poder” para “obter” o que desejamos (bens, colocações e etc.).
E este “poder” se revela diante dos outros e de diversas situações,
trazendo-nos assim, status e o “respeito”.

Desta forma, lançamo-nos cada vez mais em busca de informação, sem, no entanto, nos preocuparmos em que elas realmente nos acrescentam, em que vibração estão, se elas realmente nos são devidas. E, com isto, vamos nos “enchendo de conhecimento” e ocupando-nos em cada vez mais obter informação e tudo o dela advém. Mantendo-nos numa seara que cada vez mais acrescenta grilhões em nossos passos. 

Devíamos nos perguntar:
- A que nível se destina esta informação, em que frequência ela se encontra?...
- Ela reflete a Verdade, ou é algo que busca o controle tão desejado pela humanidade/ego?...
  
Mas, para que tais perguntas possam ser devidamente respondidas,
devo, de antemão, ter ao menos a noção do nível em que me encontro, para que nele possa mergulhar.

Ora!... Se me encontro no nível de alfabetização, como posso querer entender o que se dirige ao nível de mestrado, o que desta vibração posso absorver?... Ou ao contrário, como posso me permitir à vibração da alfabetização, em detrimento à vibração do mestrado em que deveria estar sintonizado?  

Em ambos os casos, o que a informação fornece?...

O que deve ter valia: aquilo que posso ‘mostrar’ que adquiri/conquistei ou o que é voltado para o TODO?...

Se um passarinho que ainda não criou as penas e formou suas asas,
se lança do ninho, o que acontece com ele, conseguirá voar?...
Um bebê que ainda não possui força nas pernas para ficar de pé, em equilíbrio, pode se aventurar a correr?...

Lembrando:
O verdadeiro poder se encontra na Luz do Universo Evolutivo/Criação, que é voltada para o TODO.

Assim, antes de procurar entender a informação que paira no ar,
sem compreender e negando os meus limites e condições,
devo me focar em entender o meu próprio caminhar e aceita-lo,
para poder perceber/SENTIR se o que está sendo fornecido me é cabido ou não.

ArqueiroHur



No “Balaio de Gatos”, como se Entender? - Série: Momento Atual e Único (minha visão) Tema Sugerido

Postagem original, em 24.08.2011



No “Balaio de Gatos”, como se Entender? - Série: Momento Atual e Único (minha visão) Tema Sugerido

"...A LUZ revela, não sonega.
A LUZ não oculta, expõe.
A LUZ é a Verdade e revela, vê e sente TUDO.
Da LUZ, nada se esconde..." 
- Ramatis, por Zé Mauro, em 18.06.2011-


Neste momento atual, as “informações” chegam com muita facilidade e geram em quem não buscou o seu entendimento
um verdadeiro “balaio de gatos”.

"...A LUZ não é confusa, a LUZ é pura clareza, a LUZ é verdadeira.
Muitas informações que chegam até vós, de vários meios e por vários ambientes, têm por intuito vos distrair do fundamental, aguçar o vosso apetite terreno ás novidades, vos afastando do primordial que a Fonte É..."  
-Polkjy, por Manu em 03.07.2011-


Todas as informações cumprem o seu papel. 
Seja: o de atingir o nível vibratório individual e coletivo 
(o que se deseja), 
o nível de consciência Evolutiva do SER (o que se É) 
e o de gerar temor e ou confusão.

Há também, muitas linhas com seus “rótulos” e nomenclaturas próprias; além do entendimento de quem a difundiu ou divulgou.

Assim, como exemplo: os termos usados no “cardecismo” para definir os “corpos energéticos”, diferem dos das diversas vertentes do espiritualismo, da parapsicologia e etc.

Estas terminologias e até mesmo conceitos que não se enquadram neste momento atual e único 
(Ex: quem poderia dizer 50 anos atrás, que o “karma” poderia ser transmutado ou sanado; ou que havia (há) mais do que os 7 chakras?)
acabam gerando em quem não se trabalhou e buscou o entendimento e consciência de quem somos, 
um verdadeiro “balaio de gatos” de informações 
que interferem na Unificação e Verdade advinda do Coração/SER.

Conhece a ti mesmo e saberás a Verdade!”

Quem realmente deseja aproveitar este momento atual e único, 
deve firmar seu foco neste propósito 
e mudar as atitudes de “busca de conhecimento exterior”... 
Deve confiar e reconhecer a Verdade do Coração, 
entregando-se ao trabalho individual 
e as orientações da LUZ. 
E não, a ter o “falso controle” do ego e seu “conhecimento”.

Lembrem-se: “Não se serve a 2 senhores ao mesmo tempo.”
ArqueiroHur