INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

A “bula” do efeito colateral da benesse

Postagem original, em 09.11.2014



A “bula” do efeito colateral da benesse

Fomos levados a associar o efeito colateral ou secundário, somente aos “danos” que os medicamentos alopáticos efetuam em termos físicos (sonolência, retenção de urina, mau funcionamento do aparelho digestivo -estomago/intestino- enfim...); mesmo assim, sem também darmos o devido cuidado ou atenção a “este efeito”, pois a promessa da benesse (cura) é maior. Tanto que continuamos nos valendo da sua utilização, como dos analgésicos, para “sanarmos” uma série de distúrbios.
É, tendemos sempre a olhar o que no momento é oferecido e nos interessa.

... Mas isto não se restringe aos medicamentos alopáticos e suas promessas de cura, não!...

Este olhar imediatista e que visa a ‘vantagem’ (lucros e soluções), se dá em todos os momentos, em cada ato que efetuamos; e também, não costumamos ter nenhuma atenção ou cuidado sobre ele.

Porém, quando os efeitos colaterais dos nossos atos aparecem, ficamos indignados e costumamos maldizê-los.

E isto por quê?

Porquê nos esquecemos de olhar/ler e seguir a “bula” que a Criação nos ofertou*.
Simplesmente ignoramos a sua existência, em troca do que podemos vislumbrar/obter de imediato.
E é a esta “troca” que devemos ficar atentos. Não para julgar, mas sim, para poder a ela evitar e findar com os efeitos colaterais.




Enquanto caminharmos em busca das benesses, ficaremos sujeitos
tanto aos efeitos colaterais, como estaremos em constante conflito com a Vontade Divina.

E, devemos nos perguntar:
- Nesta “batalha”, entre o “eu” e a Criação, quem suponho que tenha as condições de que seja o vencedor?...
- Valerá à pena enfrentar esta batalha?...

ArqueiroHur

*suas Leis e princípios; e de caminhar em consciência e consonância com Elas.