INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Minha Sintonia e Vibração - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Postagem original, em 31.08.2011




Minha Sintonia e Vibração - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Quem não se trabalha e se vê, se mantêm “fechado” nos conceitos que o mundo/sociedade lhe passou. 
Mantêm-se “usando” palavras que condizem com a vibração da densidade e numa sintonia de quem não está “Vivendo a LUZ”.

Vejamos:
- Quem “criou”, pode alterar e até mesmo desfazer o que Ele “criou’ e FEZ. 
Quando você cria algo, não dá o rumo e destino final ao que fez?... 

Pense bem.

Assim, existe, como exemplo, a palavra “impossível” para a Criação?... 
Se esta palavra, como tantas outras, fosse “real”; 
como poderia existir a “cura” 
e a liberação dos efeitos dos traumas? ... 
Seria incoerente, né?!

E a incoerência, só existe no ego e na sociedade. 
Os mesmos que a cada dia, ou período, mudam suas verdades,
movidos pelos seus interesses... 

As VERDADES que nos foram deixadas, há mais de 2000 anos, continuam sendo VERDADES. 
Não deixaram de ser, pelo “valor” atribuído na sociedade.  

Poderia eu aqui, citar exemplos de “vivências” minhas e de outras pessoas. 
Mas exemplo por exemplo, já existe o de Jesus e Lázaro e quase ninguém lembra, pois, não “sentiu”, nem vivenciou... 
Há também casos, em que simplesmente o que se “vivenciou e sentiu”, é negado. 
Mas aí, é a "escolha"...

Desta forma, prefiro ser mais prático:
Se ao “realizar” um prato na cozinha o “salgo” em excesso, 
tendo eu uma “mente livre” e o entendimento do que estou fazendo, sem me ater a “receita” que alguém me passou; 
terei sempre alternativas para consertar e ou aperfeiçoar o sabor:
       1-      Posso “aumentar” a base do meu prato...
       2-     Posso “por” algo, como uma beterraba ou batata, para absorver o sal...
       3-     Posso, também, colocar “açúcar”...

Enfim, EU POSSO!... 
Tudo depende de como me vejo...

É claro que há outras possibilidades, como: jogar fora o “prato” e ou ficar me lamentando, além de outras coisas... 
Alguns preferem até, maldizer a “receita” e quem as passou... 
Mas com certeza, não poderei dizer que estou numa “sintonia e freqüência” Evolutiva 
(embora, na teoria, muitos assim afirmem e não vejam suas contradições; tanto na fala, como na prática).

Quem quer aproveitar este momento único, 
deve estar ATENTO para as possibilidades de se “rever” a cada segundo. 
E não esquecer, que a Integridade, a Intenção e a Ética, 
estão sendo observadas pelo Universo, em cada ato que realizamos.
O “funil se estreita”!

Eu sou o responsável pelo desfecho e rumo do que “criei” e fiz. Cada atitude minha deve ser consciente para que eu “firme” meus passos.

Adendo: 
Quando estou na sintonia da LUZ e vibrando com o Meu SER, 
não há dúvidas/temor, o 'não saber' o que fazer. 
Não há impossibilidades ou dificuldades que não possam ser transpostas e que não gerem aprendizado. 
Expando-me sempre!

Porém, quando estou sintonizado na 'vibração alheia',
preso ao conceitos e padrões, muito pouco ou nada posso.
As situações me consomem (sugam-me) 
e o aprendizado passa ao largo.

ArqueiroHur