INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O “quebra-cabeça” e o equilíbrio

Postagem original, em 01.05.2012


O “quebra-cabeça” e o equilíbrio

Você já montou um “quebra-cabeça”?... 

Bom para poder fazê-lo, você teve de ter a ideia da “forma” que ele possui e retrata, certo?

Além de ter que exercitar a paciência, com determinação e persistência para finalizá-lo. 
O que resultou em equilíbrio!

Este caminho do retorno que buscamos, não difere muito de um “quebra-cabeça”, 
onde se uma peça “sumir” ou não estiver no seu lugar, 
todo o “jogo” fica comprometido. 

E o equilíbrio é algo fundamental para o objetivo/finalidade ser alcançada (as peças encaixadas).


Assim, o equilíbrio está na integração das polaridades:
- masculino/feminino(sensibilidade);
- hemisfério direito e esquerdo (ações e interesses);
- coração e mente (verdade interior e conceitos);
- matéria e energia (corpo físico e corpos inferiores)
- e destes corpos inferiores com a FONTE CRIADORA
(essência, Eu Superior, espírito...).

No findar a separação, no “não agir pela emoção”, 
no reconhecer-se como energia e a tudo o que nos cerca 
(respeitando o nosso Templo/corpo).
Percebendo o “encaixe” das peças 
(aquilo que nos faz crescer), 
separando a “ilusão” 
(tudo o que difere deste crescer, 
que alimente as “vontades e desejos”, as facilidades).


Desta forma, observe onde lhe falta equilíbrio 
(peças que não se encaixam) 
e trabalhe-se sobre isto. 
Pois somente você pode pô-las no seu devido lugar.

As “peças apontam”, assim como o Universo, 
onde não se encaixam.
ArqueiroHur