INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

VISITAÇÕES

Postagem original, em 10.08.2013


VISITAÇÕES

Queridos Filhos,
em suas casas (moradias terrena),
são visitados por diversas pessoas.
Alguns mais "íntimos", chegam sem avisar.
Outros, perguntam se estarão
e ou poderão ir até vós...,
e ainda outros que,
dividindo o mesmo espaço físico,
também recebem seus visitantes...



Queridos Filhos,
como são recebidas estas visitas em vós?

Todas recebem o mesmo acolhimento?

O que sentem:
A sintonia/vibração da LUZ
ou, 
na distração
(por normas de padrões e conduta,
ou quererem “agradar”)
envolvem-se em trocas de energias que desconhecem,
mas, que creem ser luz?

No rever e entrega,
a LUZ do AMOR visita-os individualmente.

Fiquem na Paz.

Francesco, o Mentor

Por Lei-Fio


Nota do Arqueiro: o cuidado e responsabilidade com o “templo e santuário” 
(corpo e moradia),
é de cada um individualmente.
Onde, não havendo respeito por estes em 1º plano,
não poderá haver por mais nada nem ninguém.

Isto não quer dizer que se deve ignorar ou “maltratar” os visitantes,
porém, deve-se procurar se manter em si,
sintonizado na LUZ e em sua consciência
(que lhe faz perceber/SENTIR a frequência que emitem),
para não permitir que a vibração deles venha a vigorar no ambiente/santuário/templo.  


O agrado tem por contrapartida e "parceiro",
o desagrado.
Sendo que ambos fluem dentro da frequência dos conceitos
(gostar ou não).

Lembrando sempre que:
a LUZ não atua para agradar ou por "padrões, normas e condutas/conceitos".
Ela efetua somente o que é necessário,
de acordo com e pela Vontade e Ordem Divina.
E que o SENTIR aponta.