INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

A FALA UNIVERSAL – o aprendizado, onde está?


Postagem original, em 17.09.2013


A FALA UNIVERSAL – o aprendizado, onde está?

Está arraigado no ser humano que o aprendizado
é algo que se dá nas escolas,
sempre acompanhado de um “mestre”,
professor, orientador, guia, enfim...
Este princípio faz com que se exclua e se negue
a voz interior/sabedoria interna
e que nos tornemos desinteressados e relapsos
quanto aos acontecimentos diários
(situações, reações, ações, pensamentos, sentimentos...)
e ofertas do Universo Evolutivo/Criação.
Isto sem deixar de lado a "dependência", incapacidade 
e idolatria cultivadas.

Poucos se perguntam -e na verdade aceitam e praticam-
o que a fala Universal nos revela e orienta
desde o princípio desta humanidade;
como nos relatam/relataram Confúcio, Sócrates, Buda, Jesus,
e tantos outros...,
cada um com sua língua, em sua era,
com suas palavras e costume.
Todos nos exortavam (exortam) e alertavam (alertam):

Assim como a Verdade e o Amor Divino (fonte)
está em cada um,
o aprendizado também está e é de cada um.

Pois ele, aprendizado, é desenvolvido pelo trabalho, aceitação 
e entrega individual.
Porém, a Criação e o Universo Evolutivo
o proporciona/oferta a todo instante,
em cada situação e momento;
indistintamente.  
Cabendo a cada um a ele se dispor, ou não.

Sim!...
Seja aonde for, de onde vier:
livro, filme ou música...
(dos mais diversos estilos),
de um afago, agressão ou indiferença...,
de ‘rico, pobre’, parente ou desconhecido...,
catedrático ou iletrado...,
"velho" ou criança...,
humano, encarnado ou de qualquer outro reino
e dimensão...,
credo, crença, filosofia ou apologia..., 
na 'escola', trabalho ou na rua...,
no agradável ou “indigesto”...,
no "prazer" ou obrigação...,
nos "acertos ou erros"
não importa!
Pois para aquele que realmente se propôs e se entregou,
através do SENTIR ele perceberá
a presença ou ausência da Verdade e do Amor
(sintonia e vibração)
em cada situação/coisa,
dando-lhe assim,
a base do aprendizado,
da atuação devida naquele momento
e do seu caminhar diante e perante à LUZ,
com o Seu SER.
ArqueiroHur



E como a fala do Universo não se finda nem se cala,
vamos nos valer de mais uma:

"Nós não viemos à terra para ver os acontecimentos desenrolarem-se conforme os nossos desejos
(sobretudo porque os desejos de uns 
raramente estão em sintonia com os desejos dos outros!),
mas para aprender a tirar lições de tudo,
a raciocinar, a analisar
e a descobrir as leis que regem a criação e as criaturas.

Devemos aceitar sentar-nos nos bancos desta universidade que a vida é
e que nos oferece todas as possibilidades:
bibliotecas, laboratórios, jardins botânicos e zoológicos,
e tudo aquilo de que necessitamos para nos instruirmos,
se quisermos observar bem, tomar notas…

E, regularmente, é também a vida que nos faz passar 
por exames
para verificarmos em que ponto estamos.

Todos são chamados a passar por provas nas escolas celestes,
como acontece nas escolas humanas,
e por isso não se deve descurar nenhum exercício.

Mesmo as preocupações, os desgostos, as decepções…
são uma matéria sobre a qual se deve trabalhar
para se ser forte e poderoso."

-Omraam Mikhaël Aïvanhov-