INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

domingo, 12 de março de 2017

A sintonia efetuada

Postagem original, em 13.11.2014



A sintonia efetuada

Imagine: se você estiver em um quarto e o mantiver com a(s) janela(s) e porta(s) fechadas, e sem, também, mexer no interruptor para acender a lâmpada do abajur ou central do quarto, mesmo sabendo onde ele se encontra;
haverá claridade neste quarto?...

Não, não é?!...
O quarto permanecerá no escuro se você não tomar a atitude de permitir que a claridade/luz penetre nele.

E é desta forma que também agimos com relação a nossa própria LUZ/Ser.
Sabemos que existem portas, janelas e interruptores, e onde eles estão, mas...

Se me sintonizo no medo, permito que a sabedoria atue?...

Se me sintonizo nos conceitos, seguindo-os, permito que a consciência se instale?...

Se me sintonizo pelos meus desejos, permito que a Vontade Divina se realize?...

É...

Se, sintonizo meu rádio numa estação de notícias, não posso esperar ouvir música clássica ali, naquele momento.

Mas, no entanto, é exatamente assim que procedemos.

Mesmo mantendo as portas e janelas fechadas e o interruptor da lâmpada desligado, ficamos supondo/sonhando, na ilusão de que Ela, LUZ, entre, mesmo que a nossa sintonia vibre e fortaleça a sombra.

É o movimento interno de crescimento/consciência,
fruto do rever, da mudança de padrões e hábitos,
da aceitação da responsabilidade sobre os passos/rumo,
que sintoniza na LUZ e faz com que Ela esteja presente em cada situação e momento.

É necessário romper com a “inocência” ou presunção de que tudo se dará somente porque eu desejo e demonstrei pela minha fala
e compreender que tudo se desenvolve de acordo com o que/onde sintonizo na prática/atitude.

ArqueiroHur