INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Caminhos Diferentes V – Pontos de Vista - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Postagem original, em 25.11.2011


Caminhos Diferentes V – Pontos de Vista - Série: Momento Atual e Único (minha visão)


Olhem bem as imagens dos castelos e respondam: 
o que mais lhes chamou a atenção?

Não se preocupe que não é alguma tentativa de hipnose, de indução ou de convencê-lo de algo. É tão somente para que você observe o que lhe atraiu.

Espero que tenham feito...

Agora, vejam estas imagens de ruínas...



- O que ficou da beleza, brilho e suntuosidade dos castelos, templos ou santuários que um dia estiveram erguidos ali, 
você consegue responder?

É!... o que fica, “sobra”, permanece é a base, o alicerce, 
a “pedra fundamental”.  
O que manteve toda a grandiosidade do castelo em pé, erguida.
(Adendo: o que em nós, humanos, significa nosso SER, espírito, Eu Superior, mônada... 
Toda a matéria, como nossos desejos, querer e conceitos, desmoronam com o passar dos "dias, tempo e eras”. 
“Restando” somente, o que ignoramos e ou desprezamos: a eternidade, o TODO!)

E que pela capacidade e tecnologia da humanidade, em matéria de construção, foi construído em primeiro.  
As últimas peças da construção são as que os nossos olhos vêem, mas que em contrapartida,  
serão sempre as primeiras, por qualquer evento, a cair.


Mas é claro, que isto é só um ponto de vista... 
Posso dizer até, que seja um pouquinho incomum... 
Mas, está aí, para quem quiser ver. 
Afinal, somos livres para escolher o que “ver”, “sentir”, 
o “que propagar” e qual o caminho seguir.


Poderia eu agora, elucubrar  e aventar, 
dentro deste aspecto energético e da “nova morada”, 
sobre esta questão dos "últimos e primeiros". 
Sua “ordem de chegada” e destino.


Entretanto, a “quem” interessa este imbróglio*?... 
Não há nesta “proposta”, uma “certa separação”, discriminação?...
Uma negação de que TODOS SOMOS FRUTOS DA CRIAÇÃO e de que a "oportunidade" é igual e para TODOS?... 
Além de uma "pitada" de desprezo e desconsideração
para com TODOS os que durante várias e várias encarnações se doaram e TRABALHARAM por este momento?...


Prefiro deixar uma pergunta, que vira e mexe é “solta pelo ar”:


“Onde está a consciência?”



Consciência é perceber, SENTIR a "origem", o propósito, a sustentação, o TODO... 
Não, manter o olhar voltado para o que a qualquer momento, 
apesar de "belo",  é efêmero e pode desabar.


Está muito próximo o "momento" da VERDADE e Justiça Divina se revelarem e se pronunciarem.
ArqueiroHur


ps: os sinônimos de "imbróglio", estão abaixo, coloquem (traduzam) do jeito que mais lhes convierem. 



*1. imbróglio






Nenhum comentário:

Postar um comentário