INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 15 de março de 2017

É tudo tão...


Postagem original, em 28.04.2012

É tudo tão...
É tudo tão desmedido, exacerbado...
Valores incrustrados
Conceitos enaltecidos
Desejos exaltados
Paixões descabidas
Visões distorcidas
Notícias aviltadas
Palavras adulteradas
Reações excessivas
Importâncias, importâncias, importâncias...

Tudo tão à flor da pele,
elevando forçosamente as contrariedades
do nosso querer,
sensibilizando-nos...

Tudo tanto em demasia,
que quando a LUZ nos anuncia a VERDADE,
a clareza sobre o caminho,
o equilíbrio para discernir o incabível
e enfrentar o descabido;
revelando-nos o horizonte,
dando-nos “o norte” em seu prumo,
duvidamos!
Por sua exuberante delicadeza, sem exageros.
Pela simplicidade nas palavras,
no enunciado que busca o concílio,
o entendimento sem forçar, barganhar 
ou intimidar.
Sem ameaçar, mas sem esconder...

E talvez, por estarmos tão acostumados 
ao demasiado,
estranhemos a “opção”, 
o acolhimento sem intenção;
o “olhar para frente”, sem caça as bruxas;
a preparação.   

ArqueiroHur