INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Você consegue? - Série Momento Único e Atual ( minha visão)



Postagem original, em 29.12.2011


Você consegue? - Série Momento Único e Atual (minha visão)

Você consegue ficar “sozinho”, sem escudeiros ao seu lado?...
Sem deixar o “passado” vir para o agora?...
Simplesmente “andar” e permitir ao Universo e seu SER lhe guiar?...

Enfim, você é autônomo (se permite) em relação aos seus passos ou é automatizado (programado) e segue a determinação do fluxo ao seu redor, 
o que o ambiente e pessoas estão "lhe pedindo"?

A prática diária da disciplina de centramento/meditação e observar-se é fundamental sim! 
Mas, é no transcorrer do seu dia, nas suas atitudes e práticas que você “mostra ao que veio”, a sua pretensão, 
o que realmente está guiando os seus passos.

Quando você vive “cercado/ocupado”, 
como a sua verdade pode se pronunciar?...

O que ocorre quando no meu costume diário, 
na maior parte do meu dia, 
no “meu tempo que podia ser livre” tudo se dá com e para os outros, de forma já previamente estabelecida?...

A “quem vale” 
(quem se enriquece/fortalece) 
os “reencontros” onde o passado é revivido 
(toda a energia das situações se reapresentam ali, no agora), 
onde tomo ciência da “vida” de fulano, sicrano ou beltrano?...

Aprender a fazer/realizar algo “sozinho” (livremente), 
sem o compromisso com alguém, 
sem a responsabilidade de “estar” ou “se manter” ali para agradar a “um outro” ou ser sociável, 
é a forma de, na prática, permitir ao Universo me guiar. 
De SENTIR a energia e poder atuar com ou mediante ela.

Assim, se desejas VIVER este momento único, 
deves se observar e se perguntar:

- Onde se encontra esta necessidade de estar sempre “cercado”?...

- O que você procura “ganhar” com isto?...

- Por que devo estar “inteirado” (tomar conhecimento) do que se dá com alguém?... Farei algo por esta pessoa?... Mas, e devo fazê-lo?... “Quem” me apontou isto, o Universo ou o “meu querer”?...

- Para que “viver” mostrando o que conheci?... Não será uma “mera vaidade”?... Que “padrão” é este, em que vibração está?... 

Deixe o fluxo de energia Universal atuar em você no seu dia a dia, à cada momento. 
Permita-se VIVER a ENERGIA!... 
Sinta este fluxo que não cessa, não sai de férias, não tem descanso... 
E não somente "quando" você quer e se entrega a Ele. 

Que a SABEDORIA DIVINA banhe sua personalidade.
ArqueiroHur



Nenhum comentário: