INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Pequenos Pensamentos - CXLVII


Postagem original, em 03.03.2012

              Não tenha vergonha
              de ver-se sob a "formatação"
              com seus desvios e falhas.


              Não há "quem" encarnado
              ou como alma,
              que não tenha estado
              sob esta formatação.


              Para que haja a "mudança real"
              e os "véus' sejam retirados,
              é fundamental "ver-se"!


              Pois, não se transforma/muda
              aquilo que se nega,
              que se desconhece.
                                                          ArqueiroHur





Onde está a Verdade?

Postagem original, em 15.07.2011



Onde está a Verdade?

Ela está em cada um, ou dentro de cada um. 
Mas ela está em você!
A sua forma de "ver" ou "sentir", é que ditará o seu caminho. Se você a reconhece, aceita e se entrega a Ela, ou não.

Vejamos como exemplo, esta piada:

 "Dercy Gonçalves no céu"

"- Porra tá frio aqui em cima.
- O céu não tem temperatura,

minha senhora ? 
pondera um porteiro celestial de plantão..
- Não tem o cacête. 

Tá frio sim senhor ? 
insiste Dercy.
- Prefere o inferno? 

Lá é mais quentinho!
- Manda tua mãe pra lá. 

Cadê o Pedro?
- Pedro só atende aos purificados.
- E eu tô suja por acaso? 

Tô cagada, esporreada?
- Você primeiro tem que passar pelo purgatório, ajustar umas continhas?
- Não devo nada a viado nenhum.
- Você foi muito sapeca lá por baixo.
- Como é que você sabe? 

Andava escondido debaixo das minhas saias?
- Dercy, daqui de cima a gente vê tudo.
- Vê porra nenhuma. 

Vê a pobreza, a violência, meninas de 4 anos sendo estupradas pelos pais, 
político metendo a mão no dinheiro dos pobres, 
carinha cheirando até bosta pra ficar doidão? 
O que vocês vêem? 
Só me viam?
- Você fala muito palavrão.
- Eu sempre disse que o palavrão estava na cabeça de quem escutava.
Palavrão é a fome, 

a falta de moral destes caras que pensam que o mundo é deles. Esses goelas grandes e seus assessores laranjas, tangerinas e o cacête!
- Está vendo? Outro palavrão.
- Cacête é palavrão, seu porteiro do caralho? 

Palavrão é a Puta Que o Pariu!
(silêncio por alguns segundos)
- Seja bem vinda Dercy. 

Sou Pedro. Pode entrar.
- CARAAAAAALHO!!! 

Não é que eu morri mesmo?!!! Vou p/o purgatório????
- Não, pelo purgatório você já passou 101 anos, no Brasil. 
Venha descansar!!!"



Como você se sentiu:
 - Agredido, pelos palavrões?
 - Achou muito engraçada e "riu"até se acabar?
 - Conseguiu "perceber" algo que o fizesse refletir e crescer 
na "piada"?


Pois é, a sua "reação" demonstra a sua Verdade e escolha do caminho que estás trilhando. 
E não há 2 sentimentos momentâneos sobre o mesmo assunto.
É simples assim!

Agora, aquele que busca a si mesmo (SER), 
irá procurar "se deixar ver" sempre com o sentido do aprendizado, mesmo nas coisas que para os "outros", são insignificantes.
ArqueiroHur

Adendo: Muitos ainda "se entregam" à frequência, pelo encanto, das palavras bonitas que soam bem nos ouvidos, embora sejam falsas e hipócritas, pois 
se mantêm sob o controle dos conceitos e padrões; não atuando desta forma, com o SENTIR e o entendimento.



Os Sinais - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

Postagem original, em 18.09.2011

Os Sinais - Série: Momento Atual e Único (minha visão)

O que se dá e se passa com o outro, você internaliza e vê como aprendizado?... 
Em geral, o “ego” tende a não fazê-lo. Ele se “vê” como imune. Com ele, tudo é diferente.
Acabando por não perceber que o desejo de fazer, de se sentir útil o leva para os mesmos “escorregões” ocorridos com os outros.

Vejamos:
- Quem não conhece a “fábula do beija-flor”? 
Pois é: “... Estou fazendo a minha parte...” 
Este é o “ponto” chave e propagado.

Mas vocês já procuraram ver isto por outra ótica, lógica:

- Se o beija-flor tivesse aplicado a sua capacidade inata: VELOCIDADE e LEVEZA de DESLOCAMENTO, 
e assim, “convocado” os elefantes, hipopótamos, girafas e etc., 
para “combaterem” o incêndio e trabalhado nos resgates, 
haveria uma boa chance do incêndio ter sido extinto e os seus danos minorados, não é? 
Isto, pela “condição” específica de cada um destes animais.

Entretanto, o “ego” não se foca no todo... 
Ele prefere passar o que “conhece”, por vezes, até “bradando” o que efetua. 
A eficácia? Bom!... 
Para ele, isto está ali no “anúncio”... Ele não vê os efeitos, as conseqüências...

A “ação da gotinha do beija-flor” tem a “mais-valia” para o ego, do que os jatos de água de um elefante. 
Afinal, o “cessar do incêndio” não teria tido a sua participação direta. Ele, nesta “ação”, seria um mero espectador.

Assim, poucos se “lembram” desta frase:

-O que eu faço, qualquer um pode fazê-lo e até melhor!”

Pois, é necessário consciência para tal. 
E consciência é ser responsável! 
É reconhecer sua capacidade e condição de atuação.

Então, quem realmente procura aproveitar este momento único, deve: 
1º doar-se a si mesmo, reconhecer-se e conhecer suas aptidões e capacidade... 
Deve ACEITA-LAS e VIVE-LAS para então, se tornar o exemplo pelo que É e APLICA DIARIAMENTE. 
Não pelo que “conhece” e divulga.

Lembre-se: 500 gotas de água provindas de um beija-flor, não suplantam um único jato efetuado por um elefante, no propósito de sanar o incêndio.

Os sinais/exemplos/avisos estão diariamente na nossa frente. 
Se ponham neles.
ArqueiroHur