INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sábado, 28 de janeiro de 2017

Pequenos Pensamentos - CLXXX


Postagem original, em 15.11.2012


           Desconsiderando, ignorando
           ou menosprezando as 'leis menores'
           que sejam dos 'homens' , das coisas
           ou da natureza;
           posso me considerar 'pronto', apto
           para cumprir as Leis da Criação?

           É certo que na 'fala', na teoria
           estou sim!

           Mas e na prática, na vibração,
           na ação e sintonia?...

           "Eu sou a obediência as Leis da Criação,
           dos homens e das coisas!
           Eu peço e 'comando' que ____________(eu ou alguém)
           volte à LUZ para servir a Criação/evolução."



           Agora, após ter-se lido esta afirmação/decreto,
           creio que se possa dar uma resposta
           mais consciente e condizente
           com a VERDADE.
           Pois para que eu 'comande' e ou traga a LUZ,
           devo ser um cumpridor das LEIS.

                                                                                       ArqueiroHur



 

O que se recebe?

Postagem original, em 05.08.2013



O que se recebe?

O que se recebe energeticamente?

Façamos uma pequena e simples analogia:
- Quando você possui um aparelho eletrônico qualquer,
que funcione, como exemplo, em 110v,
é necessário que, para liga-lo,
ele seja conectado a corrente da qual ele seja capacitado,
no caso 110v.
Caso você se desloque para um lugar onde
a corrente elétrica seja  de 220v e você, desprevenidamente,
conecte o seu aparelho na tomada,
ele irá queimar seus componentes,
pois recebeu um carga energética maior do que ele podia suportar...


Você já se perguntou o porquê de cada “modelo de celular ou de notebook” 
ter seu próprio “carregador”
(que nada mais é do que um pequeno transformador)
e uma bateria específica?
É simples: pelo motivo exposto acima,
onde cada um individualmente,
possui uma capacidade energética...


E para ‘preservarmos’ os nossos aparelhos,
temos de ter atenção e este cuidado,
de conectá-los na devida corrente
ou com “um transformador” para auxiliar. 


Retomemos a pergunta:

O que você recebe energeticamente?...

Você ‘acha’ que o Universo Evolutivo/Criação,
com o seu Amor, Misericórdia e Justiça
lhe envia uma carga energética acima da sua capacidade ou condição/estado?...
Você ‘pensa’ que o Seu SER não presa o seu corpo
(instrumento neste plano para que Ele cumpra
o compromisso com o Universo Evolutivo)
e possa permitir que ele sofra uma sobrecarga
e “vire carvão”?...

Não, não é?!...


Então, pela LUZ/Criação,
recebemos somente aquilo ao qual estamos capacitados,
que temos condições de absorver, de entender.
O que esteja de acordo com a nossa escolha/permissão
pelo livre-arbítrio,
e de mãos dadas com a Justiça Divina.
Que seja “um alimento” e possa nos fazer crescer...


Agora, qual é a nossa capacidade aqui:
é a “potência” do Nosso SER (consciência)
ou é a do nosso estado, referente a nossa frequência,
ao que sintonizamos e vibramos ?...

Ninguém irá colher tomates se, semeou cenouras.
Lei da Criação: Atração e repulsão.

Desta forma, a nossa capacidade é relativa
ao nosso estado, frequência e sintonia.
Recebendo a energia dentro desta vibração
sintonizada/emanada.

Não recebemos aquilo que “sonhamos”
(imaginamos, desejamos, esperamos ou pedimos).
Mas sim, nos é “devolvida” a energia
que mantem este sonho...
                                                                                        

Se me entrego ao trabalho do rever,
percebendo meus desejos, carências  e manhas,
limpando traumas e marcas,
cuidando do meu templo e santuário,
permitindo a consciência do meu SER se expandir
e guiar os meus passos;
recebo, automaticamente por conexão,
a energia desta vibração que sintoniza
com o TODO/Universo Evolutivo.
Sendo Um com Ele e Ele Um comigo.

Por conclusão,
recebo aquilo que fiz e faço por receber.


ArqueiroHur



Redobrai vossa atenção - Francesco, o Mentor

Imagem Manuela Salgado
Postagem original, em 05.08.2012



Redobrai vossa atenção

Filhos Queridos,
Redobrai vossa atenção.
Energias densas, sombrias
estão a manifestar-se gradativamente,
atuando onde lhe são permissivas.

Sentirão em vossos corpos...cansaço,
sonolência, peso, dor, inquietação...
Muitas  vezes tais vibrações somatizam-se. 
Resultando  em atordoamento, entontecimento,
impressão de queda, instabilidade.

Ao identificarem tais desconfortos aquieteis!
Diferente de buscar distrações
ou qualquer outro conceito:
observem, sintam e silenciem.

Tudo é sentido individualmente.
Cada um compreenderá a sintonia a partir do rever.
Somente assim deixarão de alimentar
o que vos é desconhecido.

Sintam a LUZ envolvendo, reequilibrando.
Não queiram usar a mente
buscando visualização de cores.

Queridos a LUZ É!  Nada mais queiram ou criem.

Sintam o AMOR na LUZ do TODO.
Na total DEVOÇÃO e COMUNHÃO CRÍSTICA.

Fiquem na Paz!

Francesco, o Mentor
Por Lei-Fio



Você se aceita como SER e se respeita?

Postagem original, em 01.12.2011


Você se aceita como SER e se respeita?

Não quero falar aqui, agora, sobre o ego. Pois já nos é sabido que ele sempre atua sobre seus conceitos, convicções e padrões; 
e que esta percepção e rever, fica a cargo de cada um individualmente, em aceitar ou não este caminho. 
Vamos ver o aspecto energético do se respeitar e aceitar.

Você sabe que o óleo não se mistura com a água, mesmo sendo ambos líquidos, certo?...  
Que são elementos, que não interagem entre si, 
que não “combinam”: 
um “estraga” o outro 
– muito embora, o óleo possa “usar” a água com meio de locomoção, mas isto, é um outro ponto que neste momento não cabe aqui.

Neste aspecto energético, tanto o óleo como a água, de forma natural sem a ação do homem, ficam cada um no seu canto, 
ou seja: 
por saberem  que são de sintonia e vibração “diferentes”
aceitam esta diferença e se respeitam.  
Simplesmente isto: 
aceitam e respeitam a diferença... Não “medem força” entre si, cientes de que isto na verdade seria prejudicial a ambos.

A nossa questão é esta: 
Aceitar e Respeitar quem somos energeticamente. 
Reconhecer qual a freqüência e vibração do nosso SER.

Agora, observem a imagem acima.

O que ela tem a haver com este assunto? 
-Alguns podem estar se perguntando.

Só que é isto que se dá conosco na prática, efetivamente, por não aceitarmos e respeitarmos quem somos; ao nos permitirmos e seguirmos na freqüência externa, alheia:

Nossa estrutura interna, nossa ligação com nosso SER, nossa Verdade Interior e consciência, são consumidas (esquecidas, deixadas de lado e até mesmo interrompidas ou fechadas) pelos “elementos” externos (sintonia e vibração).

Se o que nos leva a isto, de nos entregarmos ao externo, são as “questões” do ego. Sim, são!

Mas e quem é o Único capaz de saber, perceber e sentir a sua própria sintonia e vibração, a do seu SER?

Somente você com você mesmo, pode não só obter isto, como se reestruturar.

Este caminho do rever-se, do autoconhecimento, do conhece a ti mesmo... nos foi “deixado” e apontado como único
há muito mais tempo do que as "novidades" que a cada dia proliferam por aí 
e que a tantos embevecem.

O que posso lhes dizer, é que este externo, as novidades, por mais que “anunciem e bradem” não farão isto por você. 
Não se iludam, esperando esta "salvação" tão anunciada...

Entretanto, reconhecendo, aceitando e respeitando quem EU SOU (Nota: não traduzir como mais “um modismo”, mais uma destas palavras repetidas diariamente por muitos, mas que na prática nada representam, são vazias e sem nexo.), o meu SER, meus elementos, constituição e caminho; respeitando as Leis, tanto da Criação como as dos homens e das coisas; 
poderei “transportar” ou ser “transportado” conscientemente, 
assim como a água e o óleo, sem, no entanto, me misturar ou ser consumido pelo outro elemento.

Mas ATENÇÃO:

“... Não se ascende porque se QUER, 
não se ascende porque os "outros" dizem que assim vai acontecer...
Ascender em LUZ e na LUZ é um estado de consciência interior do saber ser "O SER" na sua totalidade 
e livre das capas que ainda tanto atrapalham, castram e baralham o pensamento de cada um.

Sejam conscientes filhos!!”  
-Polkjy das Plêiades, por Manu em 01.11.2011-


E acrescento que para se chegar neste estado de SER, 
de se poder “flutuar” nas sintonias, 
é preciso trabalho (e muito), entrega, dedicação, 
humildade, entre outras coisas.
Não é por "se achar", que se chega lá.

ArqueiroHur