INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Pequenos Pensamentos - CLII





Postagem original, em 15.11.2012

               Invoque a LUZ,
               mostre com determinação
               que buscas SER!
               doando seu tempo, dedicando-se.

               Invoque a Sabedoria do SEU SER
               com atitudes VERDADEIRAS
               e HONESTAS!
               com humildade, reconhecendo suas falhas e conceitos.

               Invoque a SUA UNIFICAÇÃO,
               entregando-se a VONTADE DIVINA!
               mudando seus padrões e aceitando os apontamentos.

               Invoque QUEM ÉS
               com ações pelo CORAÇÃO!
               atuando com AMOR(sem interesses) em cada situação.
                                                                     ArqueiroHur





O NOVO - Uriel

Postagem original, em 28.07.2012


O NOVO

Queridos,
Na dúvida negam o SER.

É percebido que,
na manifestação energética da escrita,
ainda não compreendem 
e iniciam especulações,
buscam respostas para dúvidas fora de vocês, 
sem sentirem que muitos 
ainda continuam nos conceitos.
Paralisados, bloqueados.

Para melhor elucidar.
O que é: 

O UNIVERSO?... O SER?...
A MÃE?... O PAI?...

O UNIVERSO
: O MUNDO DENTRO DE VOCÊS
O SER: CRISTO, SER CRÍSTICO
A MÃE: A TERRA
PAI: O SUPREMO.

Enquanto continuarem  experimentando o Universo 
fora de vocês,
nada sentirão.
Compreendendo erradamente como:
SER (ego)
Mãe e Pai, os que acolhem vossas dores ...

Queridos, 

Tudo está dentro de vocês.
Precisaram passar por várias experiências
advindas de livros, credos, grupos, cursos...
Tudo foi válido como impulso
para reconhecerem quem verdadeiramente  são.



Este é o NOVO!
Sentirem vossas responsabilidades,
agirem na ação, serem uns com outros.
Gerando uma nova vibração,
aos poucos, mas constantemente, o NOVO sendo construído.
Não através dos conceitos adquiridos no mundo.
Mas no UNIVERSO dentro de vocês.

Revejam-se, perdoem-se constantemente.
Plantem na TERRA a semente da VERDADE, AMOR, SOLIDARIEDADE, SINCERIDADE,HUMILDADE...

Permitam que a LUZ ilumine vossas sementes .
Recolham-se no SER, encontrando PAZ, CARINHO, AMOR...
E NA MÃE continuem a semear
(sendo que antes retirem as ervas "daninhas" do ego
com suas duvidas e conceitos);
E entreguem -se ao Pai .
Não mais, 

sendo solitários no mundo das formas e manipulações.

Sintam-se sejam UNO queridos.
O TODO está em vós.

Não cabendo a ninguém decidir onde, como,
o que irão semear na Mãe.
A decisão é pessoal!
Decidam onde querem semear.


Uriel
Por Lei-Fio



As Relações e o SER ou o “querer” e o propósito

Postagem original, em 26.06.2012


As Relações e o SER ou o “querer” e o propósito

“O querer Ser, não quer dizer SER,
é preciso saber SER.” 
-EU SOU UM SER DE LUZ SEMPRE JUNTO A VÓS-

Você conhece a “fábula da galinha e do porco”?

História
Há variantes de como uma galinha e um porco 
se conhecem e o nível da relação entre os dois.
Entretanto, em toda variante,
a galinha sugere que os dois se unam
em um esquema que envolve
presunto (ou bacon) e ovos 
(alguns sugerem um café da manhã,
outros sugerem um restaurante).
Em resposta, o porco sempre observa que,
para a galinha, apenas uma contribuição
é requerida
(pois uma galinha pode simplesmente por um ovo
e então voltar às suas atividades normais),
enquanto para o porco
um "comprometimento total" (ou sacrifício total)
é necessário
(pois para fazer o presunto ou o bacon,
os porcos devem ser abatidos).

Por ela, podemos observar e talvez entender
o “querer”e o propósito.

Pois o “querer” atua com o interesse
naquilo que os “olhos vêm”,
no palpável, dentro do prisma do ter,
da sua sagacidade e esperteza
da "boa intenção";
representado pela galinha que somente
“se envolve”, sem mais responsabilidades.
Enquanto no propósito, se sai desta visão
imediatista de “perdas e ganhos”;
havendo o comprometimento e responsabilidades,
além de uma entrega total;
como do nosso amigo porco.

É!... 
No caminho do Rever/do SERnão basta querer ser.
Há de se ter determinação e consciência
para assim, SABER SER!
Na entrega e doação ao SENTIR e a Voz Interior.
Percebendo e SENTINDO a energia ao redor, a intenção "oculta",
não sendo "ingenuo". 

Mas, como fomos “formatados”?...
Ao que nos fizeram “crer como verdade” e que nos venda?

O “querer é poder!” é uma destas “verdades”.

E aí, você SENTE/percebe em qual freqüência esta fala atua, 
e quem irá lhe atender, se "este querer" é restrito aos seus conceitos e vontades, totalmente egoísta?...

Qual ‘poder’ irá atuar dentro deste meu querer;
já que o “querer” atua pelo interesse
e é momentâneo, sem responsabilidades,
sem observar ao TODO, as conseqüências?...

Onde está o AMOR, quando o “sacrifício” é alheio,
"ele" (o outro) é quem o faz?
Onde está a “comunhão”, o respeito,
se eu apenas me envolvo, doo-me apenas “naquele momento”?

Pode ser (e é) este o “conceito” que muitos seguem e propagam: 
de que “tudo é pela luz”.

Mas a LUZ não atua em prol de ‘uns’ em detrimento a outros “menos favorecidos”.
A LUZ não está no interesse financeiro, material
ou segue a “rótulos” e imagens.

A LUZ está no SER, no Seu Interior;
"não se compra", nem é "vendida".

E o SER está no TODO,
não se relaciona superficialmente, por interesse.
Não atende a caprichos;
Vê e SENTE TUDO.
Não atua por “agradar”,
somente efetua o que SENTE
e assim,  que deve ser feito pelo propósito do TODO,
dentro da Verdade e Vontade Divina.

Você "pensa" que pode manter relacionamentos em que "esqueça" ao Seu SER?
É claro que o pode!
Mas estará se entregando a ele,
além da fala, da aparência?

A LUZ é comprometimento, compromisso e consciência.
Não envolvimento, superficialidade.
ArqueiroHur



UNIDADE e HUMILDADE

Postagem original, em 08.05.2013 



UNIDADE e HUMILDADE

Para que haja a efetuação do trabalho pelo e com o TODO,
é necessário que se esteja UNO a Ele.

Mas como obter esta unidade, se cada parte minha
(meus desejos..., meus quereres..., meus conceitos...,
meus caprichos, convicções e objetivos...) 
segue no individual e individualizado?

Vejam, há dentro de cada um de nós “vários mundos” 
nos nossos corpos: emocional, mental e alma.
Mundos de anseios, de “necessidades”,
de marcas, de vivências, de aprendizado;
de resistência, de incompreensões, de “propósitos”...

Somos únicos no que absorvermos e liberamos,
porém não somos os únicos a ter a experiência.
Ou seja: o que fazemos com a experiência é nosso e único,
mas ela, experiência, é de todos.
Ex: você não é o único a ter a “dor da perda de um
ente querido”, nem foi o 1º a ser “enganado ou traído”.

Agora, o que você absorve das situações, ou como reage a elas, 
é seu.

Se você cresce com as situações ou “guarda mágoa”
e mantem “viva a dor”, faz parte da sua escolha e propósito. 
E ninguém pode ter ou liberar sobre a sua vivência
(crescimento ou manutenção),
somente você mesmo...


Pergunto:
Pode haver unidade quando o “mental” quer alguma
coisa e “se lança’ a ela, mas o “emocional” teme
e hesita?...
Não, não é! A situação exposta gera conflito
e não percebemos que é assim que “vivemos aqui”,
cheio de conflitos pelos diversos mundos existentes
com seus objetivos.


Quando cada parte:
corpo físico, personalidade/ego e alma
estiver em comunhão com o propósito Evolutivo,
haverá a unidade com o SER
e com esta unidade básica,
torna-se UNO ao TODO.

Por isto é que é necessário o reconhecer da formatação
e rever os conceitos, os desejos, as carências...
É vital se lançar a aceitação e entendimento,
rompendo com o controle e com tudo o mais
que impeça que haja harmonia de propósito
entre os “diversos mundos em si”...


Enquanto houver discordância e ou separação
entre nossos corpos inferiores,
o que impede a aproximação da Essência/SER,
não pode haver Unidade com o TODO.
É um princípio básico!

O TODO não se une a partes, a individualidades.
Ele se funde e é o TODO de tudo,
onde não há discrepância do propósito Evolutivo de TODOS,
de qualquer reino ou espécie.


Então, busque a unidade/harmonia em você,
entre todos os seus corpos primeiramente, 
para poder estar e SER UNO ao TODO.
Com simplicidade, sem alarde,
somente sendo como o próprio TODO:
HUMILDE!
Sem pretender ser nada mais do que o seu próprio SER É.

ArqueiroHur