INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Pequenos Pensamentos - CCLXXXVIII

Postagem original, em 13.10.2014


Não há vivência boa ou ruim,
o que há são experiências/questões
não contempladas,
não assimiladas, aceitas e compreendidas
(que pelos nossos interesses e conceitos,
são 'traduzidas como ruins').

O que faz com o ocorrido se torne
parte integrante do círculo das repetições,
até que o entendimento seja absorvido;
gerando a consciência para romper com esta vibração
e permitindo a efetuação de novos passos.
                                                                         ArqueiroHur



ONDE DEIXAMOS NOSSA VOZ INTERIOR? - Revisto


                                                       Postagem original, em 06.12.2011


ONDE DEIXAMOS NOSSA VOZ INTERIOR? - Revisto


Todos nós temos uma voz interior que, teimosamente, sempre tenta nos orientar.

Porém, por qual razão sempre a ignoramos?

Que a sociedade sempre nos disse (impôs) para não percebê-la, nós sabemos!

Mas, não é um pouco estranho ter de se comportar como “todo mundo”, negando o que sentimos como Verdade?

Pare! ... Dê um basta! e ...

Comece a perceber como as “verdades verdadeiras” que lhe impuseram são modificadas de tempos em tempos 
(às vezes, da noite para o dia), 
sob o falso rótulo da evolução... 
Valores e princípios morais se perdem... 
Comportamentos e condutas, aceitos... 
E veja se realmente vale à pena para você, seguir nesta "trilha", aceitando e compactuando com estes conceitos.



- A INTEGRIDADE e a ÉTICA 
(que são Pilares da VERDADEIRA  EVOLUÇÃO) 
se encontram aonde neste modelo social que vivemos?... 
Nos exemplos dos governantes ou na conduta daqueles que deveriam “guiar-nos moralmente”, passando-nos as Leis Universais?

- A INTENÇÃO (outro Pilar), 
é sempre voltada para seu próprio proveito, 
já que aqueles que tentam fazer algo em prol dos outros ou da sociedade, 
é visto e qualificado como visionário ou bobo, 
tornando-se estes, os típicos "marginais" ao sistema.

- A ATENÇÃO assim deve ser dada sempre ao seu querer e possuir, por esta "formatação".

Sua VOZ INTERIOR segue os preceitos do UNIVERSO, não se permitindo desta forma, compactuar com o que estamos vivendo. 
Daí, que não a escutamos!

Assim, àqueles que se lançam no caminho Evolutivo só resta um caminho: 
Voltar sua ATENÇÃO ao TODO; 
ser determinante na sua INTENÇÃO de Evoluir 
e manter a INTEGRIDADE e a ÉTICA, 
oriundas da sua VOZ INTERIOR 
(sua mais FIEL e INSEPARÁVEL companheira).

O tempo é curto! 
Há muito a ser feito se realmente buscamos a mudança para o caminho Evolutivo. 
Barreiras devem ser rompidas, comportamentos observados e modificados; 
e principalmente, nossa forma de ver ou querer as coisas, revistas. 
Nosso Templo (corpo e energia) cuidado e protegido.

O “preenchimento do tempo”, com atividades ou situações momentâneas, não nos ajudam na jornada. 
A maior solidão que sentimos é cercada de muita gente. Muitos afazeres...

Nada do que acontece aqui, irá se modificar pela nossa presença ou ausência.

Porém, já nos foi dito que: 
“Não se serve a dois senhores ao mesmo tempo.”

A humanidade está tendo que mostrar sua cara e ao que veio!...

Muitos, ainda estão meio que perdidos, 
por se manterem sob a influência do seu meio 
e não escutarem sua Voz Interior.

Outros, já cientes, fizeram sua opção... 
Muito embora, mantenham em aparência e até na fala, uma conduta superior...

Não pense que serão cobrados os “erros” ou a falta de esclarecimento/conhecimento (ignorância), que todos nós tivemos e ainda temos (véus)... 
Mas sim, as “escolhas” feitas, em consonância com o querer e vontade: 
ganância, ambição, soberba, inveja, vingança, a falta da Verdade e etc...

A corrupção não se dá somente em termos de dinheiro; 
este, é só conseqüência! 
A corrupção moral e de conduta, é a fonte a ser atacada!

-Devemos nos preocupar em ser integro?

-A quem ou a quê a integridade serve hoje?

- Você se vê como integro quando falta com a VERDADE 
e a disseminas pelo seu meio, para ocultar seus atos?


A integridade se confunde, na história da humanidade, com os conceitos sociais.

Assim, aquele que se "enquadra" aos valores morais e culturais da sua sociedade, é integro a ela, não sofrendo nenhuma restrição. 
EX: o "canibal" que era ativo e vibrante na prática social, era conceituado pelos seus. 
O nativo da Polinésia, que ofertava sua esposa aos que chegavam exaustos, após a longa jornada no mar, era totalmente íntegro e integrado ao seu meio... 
Hoje, temos várias subdivisões (grupos) na nossa sociedade, e seus integrantes ao seguirem as "normas" do seu sistema se tornam também cultuados, "figuras ilustres".

Mas, podemos ver a palavra íntegro, como: 
inteira, pura, sem aditivos externos. 
No caso humano, o viver com e pelo seu Espírito/Essência, ou seja, com sua verdade interior.

Ocorre que esta verdade interior, é conflitante aos valores sociais; 
e antes de responder as perguntas ou seguir um caminho, 
nós devemos estar cientes desta ambigüidade, 
pois, são jornadas, em sua maioria, opostas e muitos filósofos, sociólogos, educadores, religiosos e etc., se perdem e falam de integridade do ser, mas objetivando sim, o padrão social... 
Levando a seus tutelados a terem a falsa visão de que a integridade se limita ao que a sociedade estipulou.

Ora, tudo isto já foi dito e redito, mas como hoje, com a dicotomia de propósitos, se luta para TER, MANTER, REPOR e TER MAIS; 
não se tem mais tempo para observar que tudo que obtemos, pode se esvair num piscar de olhos, seja por um "acidente" natural ou provocado pelo próprio homem.

Não saliento aqui, o desprezo ou desapego pelas coisas do mundo 
(seria até um contra-censo pelo próprio uso deste veículo, onde estou agora, permitindo-lhe ler/acessar), 
mas a observância e concentração no que nos é realmente útil e necessário.

- Alguém é "menos" por possuir um veículo (carro), que cumpra o seu papel de transporte/locomoção, ao invés de um 0 km, "novinho/cheirosinho"?...



- Já se deram conta de que quanto mais se tem, o "vizinho" quer ter além?...


Eis aí, o círculo vicioso ou roda da fortuna que se alimenta da inveja, ganância, despeito e etc.



E como sair deste moto-contínuo?

- Respeitando sua moral e princípios internos 
(TODOS AS TÊM!);     
- Pensando antes de cada decisão ou ato, no essencial e necessário;   
- Vigiando se este “QUERER” é realmente nosso ou imposto pela sociedade (não cedendo ás armadilhas);
- Buscando ter a consciência de que somos parte do UNIVERSO e que nada se expira no aqui e agora.

Ser integro, é ao menos tentar não se subjugar ao imposto, 
pois, não somos mais ou melhores pelos objetos que possuímos, pelo status ou posição alcançados, pela aparência ou condição financeira...

Olhem ao redor e vejam juízes, delegados, governadores e outros na cadeia e ou sem nenhum crédito moral.

Se formos atentos e não nos deixarmos “ser igual" para a obtenção de prazeres momentâneos, veremos que não estamos só e encontraremos nossos "pares" e auxiliadores na caminhada.

Assim, faça sua escolha e tente manter-se fiel a ela... 
“Boa sorte” e saibam que de qualquer forma, não se estará desamparado!

Lembre-se: “onde mais de um estiver em Meu NOME, Eu lá estarei.”

E eu comigo mesmo 
(voltado para o Todo, não para meus desejos e vontades), 
sou mais do que um...

Peça: 
proteção e limpeza; sabedoria e clareza;  elevação e perdão.
Mas, cuide do seu “Templo”, observe sua conduta e aja de acordo com a sua Voz Interior.

Todos os que se buscam e seguirem este rumo serão atendidos, se procurarem ao mesmo tempo, 
se manter longe da hipocrisia 
e dos “princípios/conceitos” que norteiam a nossa sociedade.

Que o Poder, a Verdade e a Justiça Divina guiem e caminhem em seus passos!

ArqueiroHur



INTENÇÃO VERSUS INTEGRIDADE - Revisto

Postagem original, em 20.10.2011


INTENÇÃO VERSUS INTEGRIDADE
- Revisto 

Podemos ter em essência/espírito 
(fruto da nossa origem Planetária), 
um nível de consciência muito elevado, 
com ferramentas das mais diversas 
para efetuarmos tarefas 
e assim cumprir 
o nosso contrato/compromisso.

Porém, tais qualificações e qualidades 

não são determinantes de que seguiremos 
no caminho Evolutivo 
e ou cumpriremos o contrato que o SER firmou com o Universo.

Isto se dá pelas “escolhas” que fizemos ou faremos.

Vamos, então, tentar “imaginar” as seguintes situações:
  •       Se Jesus tivesse optado por se considerar muito “bom”, por efetuar curas ou ainda, não se “reconhecesse” e assumisse sua responsabilidade do TODO e do processo na Mãe Terra?...
  •      Se Leonardo da Vinci com toda a sua genialidade e capacidade de criação, usasse tais “ferramentas” para seu uso próprio e ou manipular os outros? ...

Eles teriam cumprido seus contratos/compromisso 
ou estariam em sintonia com o Plano Evolutivo?... 

Creio que não.

Vejam, em questão de ego e escolhas, 
nada disto,seria ou é inviável! 
A cada instante, muitos assim o fazem.
Nada é fantasioso ou utópico neste assunto,
tudo é possível! 

Não?!...

Então, respondam por si mesmos:
- Por quantas vezes, você por falta de tempo 
ou interesse 
(mágoa, não “gostar” e etc.), 
deixou de ajudar a alguém?...
- Em quantas outras, 
se sentiu lisonjeado por ter feito algo?...
- E por quantas, se o fez, 
o foi para ser o “bom” e usufruir de alguma coisa, ainda que seja um mínimo 'agrado' ou "reconhecimento"?...

As perguntas, poderiam se estender 
por diversos outros assuntos, 
mas deixo ao critério de cada um, à cargo da sua observação e 'revisão'...


Quando o Ser Humano incorporar 
que a Ética, é irmã da Integridade 
e caminha com a Intenção e Atenção, 
entenderá o caminho Evolutivo, 
que a Criação nos oferta!



Entretanto, e ainda bem, 
que o contrário disto também se dá, 
e muitos, mesmo não tendo as “ferramentas” 
ou o nível de consciência elevado 
(em SER), 
mas se mantendo “atrelado” aos princípios Universais, 
por escolha e determinação, 
conseguem realizar o seu contrato 
e até assumir um novo compromisso com o Universo. 
Onde, através desta conduta e princípios, 
mesmo que não “falem” em Plano Evolutivo, Universo, 
termos esotéricos ou religiosos..., 
interagem muito mais com a Mãe Terra 
e seus habitantes. 
Deixando-nos seus exemplos 
(muitas das vezes silenciosamente) 
de real Amor incondicional e respeito ao TODO.




... Nas palavras, podemos ser o que bem entendemos! 

Mas lembrem-se: 

“Palavras o vento leva!”...

ACORDEM! 
Suas ações e a real INTENÇÃO repercutem direto no Universo!...
Palavras são interpretadas, 
a INTENÇÃO é SENTIDA!

Não percam este momento único que vivemos!... 
Revejam seus atos contraditórios... 
Olhem mais suas ações e comportamentos!... 
Tenham coragem de efetuar o que o seu Coração pede.
Deixe a serenidade tomar conta do seu caminho, ele é único e só seu!

O “jogo” está em curso, mas ainda não foi dado o apito final! Vamos reagir!
ArqueiroHur






Integridade

Imagem de H. Leal
Postagem original aqui, em 06.01.2014

Integridade


Quando o homem se coloca ou se encontra 
diante da Criação e consciente Dela e de si,
reconhece-se como parte de tudo que existe,
integrado a um Projeto e fim.

Compreende que é em si que reside a força
que o faz Ser e (co)responder a este Projeto.

Todo seu viver passa a ser dirigido para este fim.
Sua conduta, suas atitudes, seu modo de viver, etc.,
revelam e traduzem essa consonância.

Ainda que ele venha a fraquejar, cair,
volta a se erguer e levantar,
mantendo-se atento/vigilante a tudo a sua volta...

Diante da Criação todo homem é íntegro e integrado.
Apenas quando se coloca em separado
é que ele próprio se individualiza,
fugindo a sua Natureza, Essência e destino.

É este ideal de pertencimento e integridade
que cada um deve buscar, todos os dias, 
a fim de tender e dar passos no sentido da realização 
do Projeto Divino, no que a Criação plasmou...


Usee