INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Pequenos Pensamentos - CCLX


Postagem original, em 03.04.2014

Não há grandeza ou virtude
nas realizações efetuadas pelo nosso gostar, querer
ou pela "consciência do dever ou de ser o certo".
Pois, muito embora elas tenham 'boa aceitação no meio',
pelo agrado aos olhos e ouvidos;
estas ações são, invariavelmente,
contrárias à Vontade Divina.

A virtude se revela
quando da postura de liberdade de ação
pela Vontade Divina e sua consciência,
o que pode ser efetivamente
em o não fazer/interferir.
E a grandeza em respeitar 
o processo de crescimento individual,
sem julgamentos, manipulações ou conivências;
e principalmente,
o da Mãe Terra e o da humanidade como todo.
                                                                      ArqueiroHur



Liberdade?!!! e Ação baseada em ideias -Krishnamurti


Postagem original, em 23.09.2014


Liberdade?!!!

Liberdade?!!!
Como reclama-la ao e no externo,
se está em meu íntimo e ações
o que me mantém preso e atado?

Somente posso alça-la,
reconhecendo em mim os grilhões do aprisionamento.
ArqueiroHur


Ação baseada em ideias

Quando minha ação se baseia em um ideal que é uma ideia,
tal como
“Eu devo ser corajoso”, 
“Devo seguir o exemplo”, 
“Devo ser caridoso”, 
“Devo ser socialmente consciente” e assim por diante,
essa ideia molda minha ação, dirige minha ação.

Todos nós dizemos:
“Há um exemplo de virtude que devo seguir”,
o que quer dizer, “Devo viver de acordo com isso”.
Assim, a ação é baseada nessa ideia.

Entre ação e ideia, há um abismo, uma divisão, há um processo de tempo. É isso, não é?
Em outras palavras, eu não sou caridoso, não sou amoroso,
não existe perdão em meu coração,
mas eu sinto que devo ser caridoso.
Então, há uma lacuna entre o que eu sou e o que devo ser;
nós ficamos o tempo todo tentando transpor essa lacuna.
Essa é nossa atividade, não é?

Ora, o que aconteceria se a ideia não existisse?
De um golpe, você teria removido a lacuna, não teria?
Você seria o que você é.

Você diz:
“Eu sou feio, devo me tornar belo; o que faço?”
o que é ação baseada em ideia.
Você diz:
“Eu não sou compassivo, devo me tornar compassivo”.
Assim, você introduz a ideia separada da ação.

Por isso, nunca existe ação verdadeira do que você é, mas sempre ação baseada no ideal do que você será.

O homem estúpido sempre diz que vai se tornar esperto.
Ele senta trabalhando, lutando para se tornar;
ele nunca para, nunca diz: “Eu sou estúpido”.
Então a ação dele, que se baseia na ideia, 
não é ação de fato.

-Krishnamurti, The First and Last Freedom-

http://www.jkrishnamurti.org/pt/krishnamurti-teachings/view-daily-quote/20140821.php?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JKOnline_DailyQuotes_PT+%28JKOnline+RSS+PT%29





A semente e a escolha; e " ENTENDEU A DIFERENÇA? "


Postagem original, em 07.07.2012

A semente e a escolha

A semente é lançada no ar
(vinda do seu interior, do Seu Coração),
o caminho apontado,
a VERDADE mostrada...
De tudo o Universo fez - e faz -
para nos ofertar a liberdade da escolha,
do caminhar amparado
ou de outro rumo tomar.


Sim!
O Universo Evolutivo nos revela o crescer,
o assumir-se em SI
na responsabilidade do SER;
de escolhermos ‘brotar’ e frutificar
ou de como estarmos ficar.

Notifica-nos do processo da Mãe Terra,
emite uma ‘nova energia’;
nos deixa a par do caminhar para “estar e SER” com Ele,
com a Mãe Terra...

A “sombra” faz a sua parte,
propagandeando a “ilusão”,
a ‘facilidade da ascensão’ sem trabalho,
sem o REVER;
fazendo crer que a ‘semente será brotada’
pelo ‘querer e pensar’...

Cabe-nos a determinação e efetivação da escolha.
Somente isto.

ArqueiroHur



ENTENDEU A DIFERENÇA?

Sintam quando as palavras chegam
e compreenderão esta diferença.
Não encontrarão mais em nenhum lugar
senão dentro de si mesmo.
Imediatamente identificarão:
Este é o ego!
(é o que o mundo diz e usa, esconde,,,)

E decida a quem você quer servir?

Fiquem com meu abraço meus amores e queridos.


Resistência 
Cuidem fiquem atentos,
as palavras são energias sabem disso.
Por quê demoram tanto a decidir, 
resistindo a um chamado.
Já perceberam, sentiram em vossos corações?
Então não duvidem, 
entreguem Tudo ao Universo!


Desapegue!
deixem as palavras irem.
Este é o conceito que o mundo precisou (ego).
Lancem ao Universo,
ELE transformará no que for devido.
Sintam meus amores!

Neste NOVO,
estes velhos conceitos não ENTRAM.

Agora decida: 
a quem você quer servir?

-Francesco, Mentor de uma Amiga-




Perguntinhas "inocentes" II

Postagem original, em 11.05.2015



Perguntinhas "inocentes" II

- Há dependência sem a influência?

... É, parece que somente dependemos daquilo que nos seduziu, 
nos agradou/cativou, resultando em vicio.


-  Por este prisma percebido acima, conseguimos encontrar Liberdade na influência?

... É, ficou difícil de se enxergar a Liberdade em algo que condiciona, que determina o rumo e destino.




"...Não há boa influência ou má influência, 
só há influência..." 
-J. Krishnamurti-

- E agora..., será que a LUZ influência, gera a dependência
ou atua apontando/orientando, ofertando-se, mas sempre respeitando a sua escolha?
Então, que se busque detectar as influências, para que delas possa se tomar o exemplo.
ArqueiroHur



sábado, 16 de setembro de 2017

Pequenos Pensamentos - CCLXV

Postagem original, em 24.04.2014


O que pode ou deve ser mais necessário
para a Mãe Terra:
minha participação e dedicação exclusiva
em eventos religiosos, 
ou em causas políticas, 
ambientais, sociais/culturais...;
onde se desconsidera o "poder" e as energias que atuam
ou a plena consciência, 
que revela o onde e quando interagir 
e ou sobre o quê atuar,
respeitando a Vontade divina?


Se a sua resposta foi a consciência plena,
deve-se, então, ter este propósito como guia:
o de recuperar, aceitar e assumir 
a consciência do SER/TODO,
trabalhando-se sobre os conceitos, carências e querer;
dissolvendo as 'manchas', marcas e traumas.
Elevando, desta feita, a vibração na qual se sintoniza,
passando a ser uma âncora da frequência energética
que Ela, Mãe terra, necessita.
                                                                         ArqueiroHur


VISITAÇÕES

Postagem original, em 10.08.2013


VISITAÇÕES

Queridos Filhos,
em suas casas (moradias terrena),
são visitados por diversas pessoas.
Alguns mais "íntimos", chegam sem avisar.
Outros, perguntam se estarão
e ou poderão ir até vós...,
e ainda outros que,
dividindo o mesmo espaço físico,
também recebem seus visitantes...



Queridos Filhos,
como são recebidas estas visitas em vós?

Todas recebem o mesmo acolhimento?

O que sentem:
A sintonia/vibração da LUZ
ou, 
na distração
(por normas de padrões e conduta,
ou quererem “agradar”)
envolvem-se em trocas de energias que desconhecem,
mas, que creem ser luz?

No rever e entrega,
a LUZ do AMOR visita-os individualmente.

Fiquem na Paz.

Francesco, o Mentor

Por Lei-Fio


Nota do Arqueiro: o cuidado e responsabilidade com o “templo e santuário” 
(corpo e moradia),
é de cada um individualmente.
Onde, não havendo respeito por estes em 1º plano,
não poderá haver por mais nada nem ninguém.

Isto não quer dizer que se deve ignorar ou “maltratar” os visitantes,
porém, deve-se procurar se manter em si,
sintonizado na LUZ e em sua consciência
(que lhe faz perceber/SENTIR a frequência que emitem),
para não permitir que a vibração deles venha a vigorar no ambiente/santuário/templo.  


O agrado tem por contrapartida e "parceiro",
o desagrado.
Sendo que ambos fluem dentro da frequência dos conceitos
(gostar ou não).

Lembrando sempre que:
a LUZ não atua para agradar ou por "padrões, normas e condutas/conceitos".
Ela efetua somente o que é necessário,
de acordo com e pela Vontade e Ordem Divina.
E que o SENTIR aponta.



O que se recebe?

Postagem original, em 05.08.2013



O que se recebe?

O que se recebe energeticamente?

Façamos uma pequena e simples analogia:
- Quando você possui um aparelho eletrônico qualquer,
que funcione, como exemplo, em 110v,
é necessário que, para liga-lo,
ele seja conectado a corrente da qual ele seja capacitado,
no caso 110v.
Caso você se desloque para um lugar onde
a corrente elétrica seja  de 220v e você, desprevenidamente,
conecte o seu aparelho na tomada,
ele irá queimar seus componentes,
pois recebeu um carga energética maior do que ele podia suportar...


Você já se perguntou o porquê de cada “modelo de celular ou de notebook” 
ter seu próprio “carregador”
(que nada mais é do que um pequeno transformador)
e uma bateria específica?
É simples: pelo motivo exposto acima,
onde cada um individualmente,
possui uma capacidade energética...


E para ‘preservarmos’ os nossos aparelhos,
temos de ter atenção e este cuidado,
de conectá-los na devida corrente
ou com “um transformador” para auxiliar. 


Retomemos a pergunta:

O que você recebe energeticamente?...

Você ‘acha’ que o Universo Evolutivo/Criação,
com o seu Amor, Misericórdia e Justiça
lhe envia uma carga energética acima da sua capacidade ou condição/estado?...
Você ‘pensa’ que o Seu SER não presa o seu corpo
(instrumento neste plano para que Ele cumpra
o compromisso com o Universo Evolutivo)
e possa permitir que ele sofra uma sobrecarga
e “vire carvão”?...

Não, não é?!...


Então, pela LUZ/Criação,
recebemos somente aquilo ao qual estamos capacitados,
que temos condições de absorver, de entender.
O que esteja de acordo com a nossa escolha/permissão
pelo livre-arbítrio,
e de mãos dadas com a Justiça Divina.
Que seja “um alimento” e possa nos fazer crescer...


Agora, qual é a nossa capacidade aqui:
é a “potência” do Nosso SER (consciência)
ou é a do nosso estado, referente a nossa frequência,
ao que sintonizamos e vibramos ?...

Ninguém irá colher tomates se, semeou cenouras.
Lei da Criação: Atração e repulsão.

Desta forma, a nossa capacidade é relativa
ao nosso estado, frequência e sintonia.
Recebendo a energia dentro desta vibração
sintonizada/emanada.

Não recebemos aquilo que “sonhamos”
(imaginamos, desejamos, esperamos ou pedimos).
Mas sim, nos é “devolvida” a energia
que mantem este sonho...
                                                                                        

Se me entrego ao trabalho do rever,
percebendo meus desejos, carências  e manhas,
limpando traumas e marcas,
cuidando do meu templo e santuário,
permitindo a consciência do meu SER se expandir
e guiar os meus passos;
recebo, automaticamente por conexão,
a energia desta vibração que sintoniza
com o TODO/Universo Evolutivo.
Sendo Um com Ele e Ele Um comigo.

Por conclusão,
recebo aquilo que fiz e faço por receber.


ArqueiroHur



A energia e a LUZ

Postagem original em 26.07.2014


A energia e a LUZ

A energia pode ser manipulada, induzida.
A LUZ, não.

A energia pode ser, e é, "atraída"/sintonizada pela fala,
pelo pensamento, pelo querer.
A LUZ, não.

A energia pode ser densa e ser materializada.
A LUZ, não.

A energia é gerada por qualquer um,
(até mesmo por você),
de qualquer nível de consciência, 
de reino ou espécie.
A LUZ, não.

A energia pode seguir a vontades individuais.
A LUZ, não.

A energia pode emanar a raiva, a inveja,
a malícia, a ignorância...
A LUZ, não.


Sim, a energia em tudo está!
Nos mais diversos níveis de frequência
e em cada propósito ou ação...,
desde os mais escusos e densos,
aos mais sutis e claros.
Enquanto que a LUZ, somente naquilo que liberta,
que orienta e oferta o entendimento;
que está e é voltado para o TODO,
difundindo o AMOR, a VERDADE e a HARMONIA,
que segue a Vontade Divina e propaga a Sua Ordem.

ArqueiroHur



quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Pequenos Pensamentos - VIII


Postagem original, em 19.07.2011
                                              

                                   
              Qual é a sua origem:
              o corpo físico (matéria), 
              ou a energia Criadora?


              Quando sua origem, 
              que é a Fonte Criadora,
              está em harmonia com os corpos inferiores,
              tudo ao seu redor 
              ou no mundo da matéria,
              FLUI.


              Pois, 
              as soluções pela LUZ só se dão 
              dentro deste quadro de
              HARMONIA e SINTONIA.
                                                  ArqueiroHur





Lembrem-se: estão no mundo, mas não são do mundo!

Postagem original, em 09.06.2013

Lembrem-se:
estão no mundo, mas não são do mundo!


Queridos Filhos,
Lembrem-se:
estão no mundo, mas não são do mundo!...

Sentirão no físico,
emoções que caminham convosco.

Algumas conscientes,
outras a serem trabalhadas na LUZ do rever,
onde o entendimento se dará...
conscientizando o que aqui vieram realizar.

Portanto, não sobrecarreguem vossos corpos
(físico, emocional, mental)
com o que é passageiro, ilusório.

Não atuem com o apego às coisas materiais.
Não se deixem envolver pela sintonia
das situações e momentos
(propagandas emotivas e suntuosas, 
noticiários de catástrofes/violências, “eventos colossais” 
e etc.).
Não deem valor excessivo ao que é desta dimensão
e que está por ser deixada.  

Pois ao se deixarem sintonizar,
dando demasiado valor “ao daqui”,
deste plano,
provocam rupturas no corpo etérico,
pelas “preocupações e anseios”,
possibilitando os acessos de energias indevidas,
“os ataques”.

Fiquem na Paz
Francesco, o Mentor


Por Lei-Fio





ENGANO - IV

Postagem original, em 23.01.2013



ENGANO - IV

Engano é pensar que posso utilizar-me
de qualquer um,
de qualquer coisa ou de alguém
para obter seja lá o que for
(benção, conhecimento, “poder”,
“cura”, bens, companhia e etc.),
sem ser ou me tornar
utilizado/usado por ela.





Engano é ver-me acima,
imune a qualquer tipo 
de reação, efeito ou consequência 
nos meus envolvimentos e interesses. 






Engano é não sentir que
quando “busco” qualquer coisa,
saio da vibração do SER que é, da LUZ;
entrando na sintonia “do ter”, do desejo,
da ambição.
Passando a ser assim,
um instrumento propagador
da vibração desta “busca” (ter).


Engano é não perceber que
no caminho da LUZ/SER, da consciência,
tudo se dá/ocorre de forma bem diferente,
ao contrário,
do que foi concebido/idealizado
dentro dos “conceitos do pensar”.
ArqueiroHur


ps: Quem “busca algo”, é porque não o é e ou não o tem.
E como quem é, é LUZ:
se não a Sou,
o que sou?

Para Sê-La, não devo ‘buscá-la’!
Devo somente me trabalhar para poder SENTI-La em mim,
e me entregar à Ela e à Vontade Divina,
aceitá-Las em mim!



SER e ESTAR, uma equação.

Postagem original, em 08.09.2012


SER e ESTAR, uma equação.


Para SER a LUZ, 
tenho obrigatória e indivisivelmente
de ESTAR na LUZ.


Entretanto, 
posso ‘estar na LUZ’ e não necessariamente sê-la;
apenas, momentaneamente, ‘passando’ por Ela.

????

Sim, pois para SER LUZ, há de fluir a consciência em constância.

Este é um ‘estado de equilíbrio’ onde se domina as situações/momentos sem evita-las ou ‘controla-las’.

Neste estado se passa pelas situações/momentos sem se ‘deixar’
envolver, influenciar e ou desequilibrar. Sem 'manipulações'.

SER é o ESTAR constante!

E quando é que ‘estou’?

O ‘estar’ se dá nos momentos e situações em que me volto para a LUZ. 
Que sejam por conceitos (religiosos ou sociais), por convicções
ou valores morais; com atitudes ‘fora do ego’ (solidárias, simples, silenciosas e humildes)... 
Mas logo em seguida ou no restante do meu dia, ainda sigo e fico ‘preso’ a um outro padrão, permitindo-me a uma sintonia com outras frequências/vibrações. Tanto por falta de consciência/entendimento, como por caprichos (vontades, desejos, teimosias, vaidade...).

E embora este ‘estar’ seja valioso pela ‘entrega momentânea’, ele não representa SER pela inconstância de atitudes e flutuação em várias frequências/vibrações, além da falta de consciência.


Desta forma, conforme e quando este ‘estar’ vai se tornando mais frequente, constante e calcado em consciência; vai, também, atraindo e fortalecendo o ‘ESTADO DE SER’ e a nossa ‘equação’ se resolve.

Neste 'estar flutuante/oscilante' ainda não me responsabilizo 
pelo meu TEMPLO e Santuário. 
Acho que o Universo fará por mim,
principalmente pelos 'meus momentos de entrega/doação', preso que ainda estou aos princípios de que é 'dando que se recebe' ao invés
do NOVO: 

É SENDO
(com atitudes, revisão, entrega, solidariedade, humildade, destemor, responsabilidade, determinação...)
QUE SE É!

ArqueiroHur



sábado, 9 de setembro de 2017

Pequenos Pensamentos - CLI


Postagem original, em 09.03.2012



            Como viver o "NOVO",
            sem rever e romper com os conceitos;
            sem se desfazer dos hábitos,
            costumes e padrões; 
            sem ser leal, honesto e verdadeiro?


            A energia do "NOVO", da LUZ,
            não condiz, nem pode se estabelecer,
            quando o "aceito" por você,
            ainda é a frequência
            do que já foi mostrado e anunciado
            como ilusão, sombra...


            O "NOVO" É SER CONSCIENTE,
            em qualquer momento e situação.
            É ESTAR pela LUZ a toda hora, 
            em qualquer ato!
            E não, o 'velho hábito' de somente,
            em certos dias e ocasiões.
                                                            ArqueiroHur





Energia - Francesco, o Mentor

Postagem original, em 11.07.2012


Energia

Tudo é energia!
Quando digo tudo, é em tudo mesmo!
Dentro e fora (externo e interno).
Portanto tudo à muito...
Sofre as manipulações dos conceitos 
do 'mundo velho'.

Filhos amados, não fujam por medo do que desconhece 
(o NOVO)!
O medo os faz repetir constantemente 
o sistema do mundo, bloqueando a LUZ.

Todos os conceitos que já vivenciaram
foram para aquele determinado momento,
para quem os viveu.
De nada vale continuarem repetindo. 

Volto a dizer:
Os conceitos que nem mesmo compreenderam,
apenas foi passado a vocês para poder
os manterem "presos" a  tantas e variadas energias
que não compreenderam ainda.

Já se perguntaram por que alguns
são “menos favorecidos”?
- O TODO está em tudo! Concordam?

Então, o que acontece?

Muito simples amados filhos,
em todos (“menos favorecidos”):
Ausência de LUZ! ( bloqueada pelos conceitos)

Pois ESTA sempre esteve e está dentro de vocês.
Parem e sintam!
Entregue tudo ao UNIVERSO.
Parem de fugir!
Revejam-se, limpem-se!
Não com técnicas do mundo dos conceitos
(Sabem muito bem quais são!).

Mantenham-se firme!
Mas, A NOVA  no  NOVO. Que está dentro de você!

Fiquem na Paz!
Francesco, o Mentor

Por Lei -Fio