INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Pequenos Pensamentos - CCXLVI

Postagem original, em 29.12.2013


Enquanto me mantiver dependente,
atrelado a qualquer circunstância externa
para dar o próximo passo,
para tomar qualquer atitude
(até mesmo de "limpeza" ou de rumo a seguir),
continuarei apartado,
sem consciência;
confundindo respeito com submissão,
fortalecendo os conceitos e a sombra/ilusão
pelo medo de "errar". 
Não confiando Naquele 
que é o único que sabe o que necessito
e pode realiza-lo.
                                                     ArqueiroHur




A MISERICÓRDIA está na LUZ, não em conceitos

Postagem original, em 06.10.2013


A MISERICÓRDIA está na LUZ, não em conceitos

Queridos Filhos,
Estão em MIM!
Tudo sinto...

Estando na vibração da LUZ
a MISERICÓRDIA é alcançada,
vista em e através de vós.

Confiantes caminhem em UNIDADE
com o CRIADOR que tudo pode.

Não vacilem vossos corações com conceitos...

Envolvo-os individualmente,
cada um recebe o tecido NOVO.

Fiquem na Paz,
erguidos, elevados, apoiados e amparados
na LUZ do MEU AMOR.

Francesco, o Mentor


Por Lei-Fio



Sobre a LUZ – II, a especulação

Postagem original, em 03.01.2013



Sobre a LUZ – II, a especulação

A LUZ não cria expectativas, não especula,
não estimula a curiosidade...

Assim, Ela não “fala” sobre um ‘possível amanhã’.
Pois este "amanhã",
é determinado pelas escolhas que efetuamos
em cada momento/situação, 
pela nossa prática diária,
pela determinação de nos revermos
e de seguirmos a VERDADE.

É disto que o "nosso amanhã" é fruto!...

A LUZ não tem intenção ou pretensão,
efetua  o que deve ser efetuado dentro e pela
VONTADE DIVINA,
no agora;
sem manipular, induzir ou cooptar/atrair...
sem 'prometer' ou procurar agradar...

A intenção humana, em geral, 
oculta e disfarçada, 
baseia-se e se vincula no seu “conhecimento”, 
que por sua vez,
é atrelado à sua vontade e aos seus conceitos...
ao que se deseja, se gosta,
ao que “se pretende” ou interessa;
sendo assim, limitado e egoísta.

Esta intenção individualista,
levou e nos leva ao distanciamento da LUZ
e a ignorarmos, negarmos e contrariarmos
a VONTADE DIVINA.
Isto sem falarmos no ‘controle oculto’ propagado
sorrateiramente nesta “intenção’
e no medo que vem de brinde, em não obtê-lo.


Assim observe bem “a quem” interessa a especulação,
a expectativa?...
Quem busca “lucrar”?...
Quem se fortalece com o medo?...
Quem se propaga na ausência da VERDADE?...
Quem se enriquece com a “fantasia”, com o sonho,
com a falta de responsabilidade e consciência?...

Todas estas respostas estão dentro de você.
E não estou falando aqui, neste momento,
do Seu SER.
NÃO!... Falo do que você já sabe, do que já 'aprendeu'
do que você obtém na consciência,
mas não pratica, prefere ‘não ver’, não se responsabilizar...

Sim, nenhuma das perguntas feitas  trazem algo “novo”
ou desconhecido.
Apenas alguns pontos que preferimos ignorar
e ou não “assumir”...


O que há de ‘concreto’ sobre o “amanhã”,
é de que ele será de iguais;
que a separação do joio do trigo
ocorrerá (já ocorrendo)
e de que os diversos níveis e estágios de consciência
se agruparão.

Bom, de acordo com este ‘concreto anunciado’,
onde você estará e a sua colocação
dependem única e exclusivamente de você mesmo,
da sua determinação, responsabilidade e entrega.

Desta forma, por você já saber deste assunto,
não fica bem você ainda dizer que foi a LUZ
quem lhe trouxe a especulação,
que estimulou a sua curiosidade
e lhe criou a expectativa de ‘um mundo florido’,
embelezado...

Você sabe que o que a LUZ lhe deu,
foi a oportunidade de escolha,
de  ser responsável e VERDADEIRO.
De rever-se e deixar de ser um ‘seguidor’,
de assumir a consciência e caminhar
com seus  próprios pés.

Tudo é com você. 
A LUZ na sua escolha,
é apenas uma observadora, torcedora. 
E quando aceita, uma orientadora. 


ArqueiroHur


Observar e Curar



Postagem original aqui, em 26.03.2013


Observar e Curar


Nossos desequilíbrios interiores
(pensamentos e sentimentos)
resultam de nossas permissões:
de algo que permitimos entrar, 
permanecer em nós, nos afetar...

Nossas inquietações (de todo tipo)
são um sinal do que, em nosso interior,
precisa ser observado e, por este meio,
promovida à revisão e cura.

Constitui "nossa" responsabilidade observar-nos...
 E "observar” deve significar:

identificar sua origem e sintoma
(sem especulação, sem culpados),
cuidar para não propagar seus efeitos
(silenciar, vigiar, perdoar),
promover a revisão e limpeza...
(atuar, entregar...).


Usee