INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Pequenos Pensamentos - CCXXVIII


Postagem original, em 29.05.2013

           Quando não se tem o entendimento
           (ou não se aceita-o)
           sobre o ocorrido ou efetuado
           e nem o buscamos,
           seguimos robotizados
           atuando sob o comando externo.
           Efetuando sistematicamente,
           aquilo que nos foi dito para fazer.

           Não questionamos nada,
           não observamos as contradições
           ou mesmo a falta da verdade.
           Pois cremos que "sendo levados",
           "seguindo a correnteza",
           nos eximimos de responsabilidade
           sobre os fatos,
           e de que estamos "salvos"
           nos castelos erguidos.



           Esquecemo-nos somente
           de 2 pequenas coisas:

          1- a omissão é um ato efetivo de compactuação,
          que alimenta àquilo que "sei"
          ser indevido.

          2- A LUZ TUDO SABE E TUDO VÊ.

          Então, pensar que 'me escondi',
          que me esquivei da responsabilidade,
          foi e é um ato inútil diante da Criação.

                                                                                      ArqueiroHur





O QUE ESTÁ CORROMPIDO; E O QUE PRECISA SER REVISTO?

Postagem original, em 07.05.2012

O QUE ESTÁ CORROMPIDO;
E O QUE PRECISA SER REVISTO?

A sociedade impõe os conceitos
para que seus propósitos de interesses sejam alcançados,
a fim de se manter o controle dentro de uma hierarquia "injusta".
Visto que o real objetivo de uma sociedade justa 
foi "corrompido", adulterado,
para benefício de uns e outros
e não de um todo...
O resultado é um "trabalho" quase escravo,
no que diferencia meia dúzia de moedas,
com o qual não se criam vínculo algum
e nem trazem uma motivação que nos faça ter "leveza",
nem tão pouco,
sentimento de "tranquilidade" e justiça.

Que dirá os que ficam com a maior parte delas
(moedas) e se denominam "Os Donos do Mundo";

onde encontram PAZ, “presos” aos ganhos?...




Mas, então sabendo disso,
o que precisa ser feito, revisto e compreendido?

O respeito, primeiro para consigo,
e depois para tudo que há ao redor.

Não colocando as "moedas" em primeiro lugar,
mas o coração,
consciente de um propósito,
que anseia por um sistema libertário,
com igualdade e justiça.
  
No qual se "realiza" satisfatoriamente,
não para o enriquecimento de 1 ou 5,
mas consciente do que se faz,
liberto da pressão movida pelo "interesse",
com respeito e amor, DOAÇÃO,
sem prejudicar, saturar, desrespeitar o " meio" e seus recursos.
E sim,
de que todos se beneficiam com suas "tarefas".

A que se realizar o trabalho a contento,
quando o "SER" reconhece o seu propósito.
E esse propósito gera o benefício do todo.

Manter-se na LUZ não é esperar que ela venha de fora,
mas da verdade que há em você,
através de suas atitudes, quereres e pensamentos.

Respeitar-se é ser justo e verdadeiro.

Não julgar é compreender as diferenças
e níveis de consciências.

Nem tão pouco se iludir com as aparências,
escolhendo "preferir" essa ou aquela,
porque a LUZ é simples
e não usa "adornos" vaidosos
e falsos artifícios para impressionar.

Pois não precisa mais do que
VERDADE e JUSTIÇA
para manifestar o poder de TRANSFORMAR
e ser simplesmente o que se REVELA.

E LEVAR PAZ A CONSCIÊNCIA,

É ESTAR EM SI.

Por Mentores.
De Luz da Alma




Então, VEJAMOS:


Postagem original, em 16.04.2014


Então, VEJAMOS:

Então, vejamos:
- Se realmente aceito e me entrego ao “caminho do rever”
(que conduz ao reconhecimento do estado em que
nos encontramos aqui,  como energia, mas formatados),
posso esperar “ser conduzido nele” por alguém?...

- Este caminho, que também pode ser traduzido por
“um autoconhecimento”,
deve ou pode ele ser regido pelo externo,
determinado/direcionado por quem quer que seja?...    

- “Se sei” que ninguém pode respirar, se alimentar, dormir e etc.,
por mim ou em meu lugar,
não é no mínimo estranho, me deixar seguir por um caminho
onde um outro possa “me guiar ou salvar”?...



As respostas???...

Bom, você escolhe e as determina.
É você que dita/aceita por onde as respostas vêm.


ArqueiroHur



SE IGNORA

Postagem original, em 14.02.2013


SE IGNORA

Se ignora, 
aquele que julga sua Voz Interior como indevida, 
por ‘apontar’ um caminho diferente do “seu querer”.




Se ignora, 
quem sempre busca respostas no externo,
para ‘alimentar’ o seu ego, seus conceitos e suas vaidades.




Se ignora, 
quem ao ver uma “imagem”, um estereótipo,
se julga inferior a este.
Ou por ser este estereótipo,
"superior" a outrem.




Se ignora, 
quem não acredita na força do Seu SER,
atribuindo-a sempre a terceiros.






Enfim...

Se ignora quem não se entrega aos 'apontamentos',
por não confiar piamente na igualdade da CRIAÇÃO.

ArqueiroHur