INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 15 de março de 2017

As profundezas da violência e TODA VEZ...


Postagem original, em 21.03.2015



As profundezas da violência

Violência não é só matar outra pessoa.
É violência usarmos palavras ferinas,
fazermos um gesto para afastar uma pessoa,
obedecermos por medo.

Portanto, violência não é somente matança organizada em nome de Deus, em nome da sociedade ou do país.

Violência é coisa muito mais sutil, 
mais profunda, 
e estamos investigando-a em toda a sua profundidade.

Quando você se denomina indiano, muçulmano, cristão, europeu, ou qualquer outra coisa, está sendo violento.

Sabe por que isso é violência?
É porque você está se destacando do resto da humanidade.

Quando você se separa por crença, por nacionalidade, por tradição, isso produz violência.

Portanto, um homem que busque compreender a violência,
não pertence a nenhum país, a nenhuma religião, a nenhum partido ou sistema político;
ele está interessado na compreensão total da humanidade.
- J.Krishnamurti, Freedom from the Known, pp 51-52-



http://www.jkrishnamurti.org/pt/krishnamurti-teachings/view-daily-quote/20150320.php?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JKOnline_DailyQuotes_PT+%28JKOnline+RSS+PT%29









TODA VEZ...

Toda vez que:

- me qualifico como qualquer coisa
(profissionalmente, por "cor", por classe social, por nacionalidade, por isto ou aquilo...)
- me considero "diferente ou superior'" à qualquer um 
(de qualquer reino ou espécie),
- ignoro ao SER do outro, com o qual me deparo
(de qualquer reino ou espécie),

agrido diretamente ao meu Ser e a Criação; 
alimento a ignorância e a sombra.
Violento ao Amor Universal e ao princípio da Igualdade que o rege.

Mantenho-me, desta forma, individualizado, caminhando pelos conceitos e padrões, apartado do processo evolutivo.
ArqueiroHur