INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Pequenos Pensamentos - CLXXXIV



Postagem original, em 05.10.2012

           Todo Coração,
           como fruto do AMOR da Criação,
           é puro!

           E, em todos os planos e dimensões ,
           Ele, Coração, gera e espalha consciência.

           Sim,
           é pela consciência
           que este AMOR e pureza atuam.

           E consciência é não esquecer onde estamos,
           o que nos rodeia.
           Consciência é não partilhar 
           ou compactuar com a ilusão
           (entre outras coisas).

                                                                            ArqueiroHur



Os demais REINOS

Postagem original, 12.06.2013


Os demais REINOS

A CRIAÇÃO  gerou o AMOR.
E O AMOR SEMENTES.

As SEMENTES humanas deveriam germinar
como as dos demais reinos.
Estes não interferem,
cumprem seus trabalhos de evolução,
auxiliando quando é devido,
amparando quando necessário,
fornecendo alimento, aroma,
essência...
indiscriminadamente,
sem escolher ou determinar "a quem". 



Mas ainda há tempo.


Tempo de rever
para estar em sintonia com todos os reinos.
Tempo de sentirem sua vibração de AMOR,
sem que seja necessário desrespeitar, invadir,
julgar, estipular 
ou manipular/chantagear...

Cabendo deixar-se envolver pelo manto da LUZ,
onde toda IRMANDADE, de todos os REINOS,
desce e atua
de acordo com a VONTADE DIVINA.

Ághata


Por  Lei-Fio



Você sabia que...? - II


Postagem original, em 06.06.2015



Você sabia que...? - II

Você sabia que:
a dependência, o apego, a permissividade..., assim como a dor ou a alegria, a tristeza ou o prazer não são atributos nem condições do AMOR?

Não!... Você tem certeza disto, de que não sabia?

É..., as emoções como também a carência ou o controle, que se utilizam de chantagens ou manipulações, são aspectos de uma baixa vibração/ignorância e bloqueiam/impedem a vibração do AMOR, que é fruto da Criação e prima, entre outros aspectos, pela liberdade e respeito, fluindo no equilíbrio.

E é esta a razão, o “não saber”, que faz com muitos tentem crer que a “proteção” (um dos disfarces do controle) que sufoca e impõe um rumo/caminho cheio de regras e conceitos, de pode e não pode e etc.; que ignora a liberdade, o respeito e a Criação, 
seja ou substitua o AMOR.
Mas isto de pouco ou nada adiante, pois mesmo você negando a liberdade e o respeito ao TODO e a todos os seres (de qualquer espécie ou reino), o seu SER tem o AMOR impresso Nele, já que a Criação assim a TODOS dotou. E este AMOR, da igualdade e justiça, diante da eternidade e do Universo evolutivo, irá sempre prevalecer.

ArqueiroHur




Recorde-se do AMOR! - Um manifesto


Postagem original, em 22.03.2012


Recorde-se do AMOR!


Sim!
Você foi 'forçado' a não lembrar do AMOR da CRIAÇÃO.
A se sentir e se ver sozinho...
Por vezes desorientado em razão do que o "mundo ao seu redor" dizia e diz ser o certo.
Se contrariou, se magoou e em muitas ocasiões se negou...


É, de tudo isto, você se recorda...


Agora, faça um tratado com você mesmo, um manifesto onde:


- Procure 'lembrar-se' de quantas vezes você foi acarinhado.
- Em quantas ocasiões você foi amparado e protegido.
- O quanto de oportunidades você teve para aprender...


Ah!... Não vale ficar falando que não teve 'seus desejos' atendidos, tá?!...


Apenas procure se lembrar dos 'momentos' em que pode "sentir" este AMOR. Ele está aí!...
No canto de um passarinho, no abraço de um amigo, no olhar de um cachorro, no perfume de uma flor, no sorriso de uma criança...


Esqueça um pouco a "sua vida", suas questões e desgostos, suas frustrações e mágoas.


Olhe o nascer ou o pôr do sol... 
Relembre o som de uma cachoeira... 
O "silêncio" da mata, com o vento soprando e as folhas dançando na sinfonia da vida.


Sinta este pulsar em você!





O esplendor de uma 'lua cheia', a sincronia das ondas do mar, a beleza desta Terra!


Tire um 'tempo' para você. Você faz parte de tudo isto. 
VOCÊ SENTE!
Faça isto todo dia. Demostre este AMOR por você mesmo!
Louve a Criação recordando-se Dela! 
Sendo Ela. Sendo este AMOR!


Trate-se com ternura, ao menos dentro deste tempo. 
TENTE!... 
Você sabe o que é ternura, ser leve, fluido. Tudo está aí dentro. Deixe-se SER!


Este é um manifesto simples. 
Nele você não deve 'pedir nada', nem a ninguém; 
apenas deve recordar-se de tudo o que a Criação já lhe ofertou e SENTIR-SE FRUTO DELA. 
AMADO!


Não o 'amor humano', de alguém; de posse, de desejo. 
Não!... 
SINTA-SE AMADO por aqui estar, neste planeta, perante toda esta exuberância que a Criação ofertou!


Que o Amor Divino se perpetue em cada ato de sua vida.
ArqueiroHur