INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Sem e Com...

postagem original, em 10.06.2012

Sem e Com

Sem Meu SER
sou uma forma, uma aparência;
um objeto em busca do prazer,
do consolo...
Sujeito as dores, ao esvair-se.

Uma máquina que segue
aos comandos alheios,
refém deles;
submetido ao medo.

Um boneco de ventríloquo
sem fala própria ou opinião;
fadado aos momentos e a solidão.



Entregue ao caminho do rever-se,
doando-me e aceitando-o;
recebo e acolho
ao Meu SER e ao TODO.

Caminhando Com Ele
sou a VERDADE,
o PODER e a JUSTIÇA DIVINA.
Amparado e Íntegro,
o AMOR que nada destrói.

Com a certeza da LUZ
caminho no trabalho,
orientado e crescendo
a cada passo dado.

Pelo TODO que Ele é 
me fortaleço
enfrentando batalhas,
internas e externas,
que a mim couber
para a ORDEM DIVINA
se estabelecer.

Sem temor ou receios;
percebendo e sorrindo
do que deseja me corromper,
pois no Meu SER 
nada pode entrar ou se instalar,
sem que tenha vindo de mim
a permissão ou anuência
para se dar.

ArqueiroHur



O Medroso

Postagem original, em 19.07.2011



O Medroso


O medroso tinha um medo enorme de tudo, sempre achava que as coisas não iam dar certo; o que muitas vezes acabava acontecendo, apesar de todo o “cuidado” que tinha ao realizar suas tarefas.
O coitado ficava assombrado com a facilidade com que os outros desempenhavam suas funções, e por achar-se incapaz, a facilidade para ele não existia.
Ele era muito paciente e cauteloso, só que colocava seu temor em tudo criando sempre as maiores dificuldades na realização de seus atos, que acabavam desta forma, levando um tempo muito maior que o necessário... E assim, ele mal parava nos empregos que arranjava e, todos os seus amigos, acabavam por se afastar tamanho era o seu medo de nada dar certo. E de fato, não dava certo, já que era assim, que ele “vibrava”.
Mas um dia, aconteceu um fato que modificou totalmente a sua vida...
Era uma linda tarde de verão o nosso “amigo medroso” passeava na beira de um lago, pensando nos dissabores da sua vida, quando ele avistou três crianças se afogando... A primeira reação do nosso amigo foi de incapacidade, pois, aflorou nele o medo e a certeza de que nada iria dar certo... Olhou para os lados, procurando ajuda e não avistou ninguém... E naquele curto espaço de tempo, algo falou mais alto dentro dele: O Amor à vida!
E ainda bem, pois, o nosso “amigo medroso” conseguiu naquela situação extrema, pensar em todas as dificuldades, mas com cautela e cuidado,  achar a solução: cortou uns cipós e amarrou numa árvore, jogando a outra ponta no lago e assim, pode de forma eficiente e prática, salvar as crianças de uma só vez.
Vocês já pensaram:
- Se ele continuasse com seu enorme medo?
- Ou se afoitamente também caísse no lago?
- Teria ele conseguido salvar quantas crianças?
Bom, mas como ele salvou todas, só nos resta agora torcer para que o nosso “amigo medroso” tenha aprendido que a capacidade para que as coisas deem certas, está dentro dele. Basta fazê-las com Amor. E que ele possa ver as experiências passadas, como um aprendizado, tirando delas o que lhe acrescenta e deixando o medo do fracasso de lado, para enfrentar, com serenidade, as situações da vida.
                                                                                               ArqueiroHur



Os pedidos, ‘quem’ os atende? – III

Postagem original, em 04.10.2012



Os pedidos, ‘quem’ os atende? – III

No Universo Evolutivo, toda a Criação
(em qualquer reino ou espécie)
sabe o que seu filhote/cria necessita para o seu ‘crescimento, evolução e caminho.
E assim,
fornecem tudo o que lhe for possível para que
ele venha a dar os seus passos e seja o responsável
pela continuidade da sua espécie.

Até que saibam andar, voar, nadar, caçar, enfim...
Até que possam se defender e se alimentar.

Todos são amparados e protegidos,
cuidados e alimentados.

A Criação não os abandona!
Lhes ensina e dá o exemplo, orientando e alertando 
sobre as ‘pedras do caminho’.

A Criação sabe exatamente o que fazer e dar!...


Nossos pais em cada encarnação, também assim procuraram proceder. 
Digo ‘procuraram’, pois não posso ignorar os ‘conceitos’ 
que atuaram e atuam sobre eles e nós, limitando, 
tolhendo e encaminhando esta ‘criação’ para a dependência,
não para a Evolução...

Mas eis aqui o nosso ponto de conflito e discórdia:
nossos pais!

Sim, afinal em que você acredita:
- Seus pais terrenos, que lhes alimentaram, protegeram,
cuidaram, sustentaram e etc., 
‘são ou representam’ a Criação diante do TODO aqui?...

- Você é fruto deles ou eles foram os instrumentos que
permitiram, com seus corpos, que você encarnasse/reencarnasse aqui?...

É!... Esta sua resposta é determinante
e define/definirá os seus passos nesta jornada.

Pois, se você ‘se considerar’, “se ver”, ‘se SENTIR’
como Fruto da Criação, como espírito/essência,
fazendo parte do Universo/processo Evolutivo:

- Irás deixar de pedir.  

- Irás confiar Nela, como um filhote de passarinho o faz,
ao se lançar do ninho nas alturas; 
sabendo que tens e terás sempre o que necessitar para o caminhar,
dentro de si mesmo.
Não tendo manhas ou temores. Desejos ou vontades.

- Irás ser Um com Ela e desta forma, completo.

Enfim, irás procurar se desvencilhar dos conceitos
e vícios de padrões e costumes, 
caminhando com a firmeza e serenidade de SER.

ArqueiroHur



ESCOLHAS - revisto

Postagem original, em 10.09.2011



ESCOLHAS


A LUZ não abandona!... Não esmorece!... Não desiste!

Mesmo quando não temos DETERMINAÇÃO e FÉ (determinação de propósito em cumprir nosso contrato/compromisso e Fé, não de crença/supor, mas de ACREDITAR que somos LUZ); 
Ela, a LUZ, permanece sempre ao nosso lado, 
nos mostrando a existência de outro caminho. 
Ofertando-nos a “escolha”.

Se deem este direito/presente e PERCEBAM o “outro” caminho! 

Não temam perder o controle sobre o amanhã... 
Está mais do que visível, 
mediante aos acontecimentos diários 
(acidentes naturais, violência, doenças e etc.), 
que ninguém aqui, 
seja: governos, instituições religiosas, organizações mundiais; 
possui este “controle”... Nem você, ou eu!

Confiem e que seja feita a Vontade Divina!

A preocupação com o que farei ou se sobreviverei amanhã, impede a observação da “escolha” no “aqui e agora”. 
Mas, é neste momento que Ela se dá, em cada situação, a todo instante, em cada pensamento e ação.

Não deixe para o amanhã!... 
Não tenha “vergonha” de mostrar que AMA, 
com atitudes e ações... 
Palavras, por vezes, são somente palavras que reproduzimos sem termos, na prática, as atitudes relativas a elas.

Demonstre este AMOR! Seja este AMOR! Não desista, não abandone! 
Ainda que neste momento o “outro” não queira ou esteja pronto para enxergar, você fez sua “escolha”! 
E ele, um dia saberá que foi e é AMADO!


A persistência da LUZ se deve ao AMOR!... 
Mesmo você optando pelo “desejo”, “preocupação” e “temor”, Ela estará ao seu lado, lhe ofertando a “escolha” do AMOR!  

Assim, para quem quiser saber “escolher”, 
faço estas perguntas, 
embora as respostas devam ser só suas:

      1-Você está na LUZ, 
    ou você É LUZ a cada instante da sua existência?
    
      2-Seu corpo é o veículo, aqui neste Plano, para realizar a Vontade Divina, 
    ou deve ter seus desejos e ambições atendidos?

ArqueiroHur