INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

sábado, 31 de dezembro de 2016

Observe-se... Seja você.

Postagem original, em 04.06.2012


Observe-se... Seja você.


Porque às vezes agimos feito "robôs"?!
Falamos sem ponderar,
se aquelas palavras e ações,
são compatíveis com nossas atitudes?
É como ligar o "automático"
e esperar o tempo passar...

Será que agindo assim, "tapeando",
estou me prejudicando
ou até mesmo, à outra pessoa que
"suponho" estar ajudando?!

A resposta da luz surge como um
"STOP"... OBSERVE-SE.
Em cada momento,
atitude, pensamento, situação
ou circunstância...

Voltando-se para Si,
mantendo-se sempre "ligado",
em sintonia com sua voz interior,
agiremos de acordo com a
consciência da nossa essência.

Os enganos, "erros",
servem pra nos ensinar
a obter o entendimento,
quando assumimos nossas fragilidades
e tropeços.

Na "auto-observação" é que escolhemos:
- se coerente serão (ou estão) as atitudes com nossa verdade; 
ou se estarão (ou se estão) em sintonia com os pensamentos
(frutos do medo, da dúvida, dos desejos, da “sombra”);
- se não traímos nossos princípios (do nosso SER);
ou se cedemos ao "vazio das futilidades",
negando o SENTIR.

Ser mestre de si
é tornar-te responsável,
observando-se no "querer" verdadeiro
em se cuidar e se amar.

É o saber escutar com o coração,
quando existe algo a aprender,
ou ensinar sem bloqueios e receios,
eliminando toda e qualquer "intenção vaidosa",
do (ego).
"Jogando limpo", sem a ilusão do auto-engano,
em querer ser ou parecer o que não É.

Para se conectar com o TODO
e entender esta ligação,
é preciso estar em Si,
sem o "piloto automático"
que traz como conseqüência,
a vulnerabilidade das manipulações e induções,
(joguetes e fantoches).

Afinal,
o caminho da verdade é simples,
basta escolher ser honesto,
consigo mesmo e com tudo.

A atenção em nossas ações,
é o cuidado que devemos ter
na observação da "intenção",
assumindo-a seja qual for.

É aí que se vive na "Leveza do Universo",
não acumulando "cargas",
nem se enrolando na ocultação da verdade
"enganos e mentiras", 
que cria uma bola de neve
em um círculo vicioso,
resultando em um "tempo perdido".

“...COMO UM ANJO CAÍDO
FIZ QUESTÃO DE ESQUECER
QUE MENTIR PRA SI MESMO,
É SEMPRE A PIOR MENTIRA...”
(Renato Russo).

Luz Da Alma.