INFORME

Mediante os movimentos aos quais devo proceder e acatar, em respeito a vocês, meus Queridos Irmãos (ãs), ainda estou aqui. Entretanto, pode acontecer que as postagens não ocorram de forma como vinham se dando: diariamente.
Desta forma, não estranhem caso haja tal situação.
Que a Ordem Divina, permaneça em nosso caminho.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

O Azarado

Postagem original, em 19.12.2011


O Azarado
  
O azarado vivia a reclamar de sua própria SORTE a todos que encontrava. E a POUCA SORTE lhe atormentava tanto a vida, que ele não conseguia realizar nada ao seu tempo ou da maneira correta, aumentando assim a POUCA SORTE e o seu tormento.
A bem da verdade, nosso amigo azarado, não prestava atenção no que fazia, até no simples ato de beber água, costumava deixar a torneira pingando. Ele era também um tanto quanto preguiçoso, deixava sempre para realizar alguma coisa no dia seguinte, e nunca realizava, já que o dia de realizar era sempre o seguinte. Mas nosso amigo azarado não se dava conta de sua falta de atenção, nem da preguiça, colocando sempre a culpa na sua POUCA SORTE.
Com o seu tormento, passou também a reparar e a comparar na “sorte” de seus vizinhos e amigos, o que veio a aumentar ainda mais seus problemas, já que além de sua preguiça natural e da sua pouca atenção, passava agora o seu tempo a prestar atenção na "SORTE" DOS OUTROS, não tendo mais tempo nem atenção para si mesmo.

O coitado do nosso amigo azarado tentava de todas as formas obter a “SORTE" DOS OUTROS, copiando as idéias e os trabalhos que os “SORTUDOS" tinham, mas com ele NADA, NADA dava certo.
E assim ele foi perdendo tudo o que tinha. (Eu quase havia esquecido de dizer, que seu falecido pai fora um empreendedor bem sucedido, deixando para nosso amigo azarado uma condição razoável de vida).... Depois de perder tudo, saiu a vagar pelo mundo afora, maldizendo sua POUCA SORTE.

E dizem, mas isto eu não posso atestar, que ele ainda vaga pelas ruas, inconformado com a “sorte”  dos outros.
Será que a preguiça e a falta de atenção derrotaram nosso amigo?

Bem, de qualquer forma, se fizermos todas as nossas tarefas com atenção e sem preguiça, a “sorte” com certeza estará do nosso lado. 
Pelo menos é o que eu acho, ou não será???

ArqueiroHur